Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 20 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Cresce a exportação de frutas frescas brasileiras

24 Jul 2007 - 09h38

A receita com as exportação de frutas frescas cresceu quase 14% no primeiro semestre de 2007, em comparação com o mesmo período do ano passado. De janeiro a junho, o setor vendeu US$ 372,5 milhões. Foram embarcadas 372 mil toneladas, um aumento de mais 30% no volume de exportação de frutas.

Segundo o Ibraf (Instituto Brasileiro de Frutas), as exportações vêm crescendo a uma taxa média de 19,9% desde 1998. De acordo com a instituição, o setor tem conseguido bom resultado este ano, apesar da desvalorização do dólar e do aumento dos custos de produção verificada nos últimos anos, principalmente por causa dos contínuos reajustes nos preços dos fretes.

"Mesmo com o câmbio desfavorável para algumas variedades de frutas, o setor conseguiu assegurar maior lucratividade ampliando as exportações para mercado europeus, que tem o Euro como moeda", afirmou Moacyr Saraiva Fernandes, presidente do Ibraf.

Segundo ele, os empresários do setor estão satisfeitos com o incrementos nas vendas, mas querem diversificar os mercados consumidores de frutas tropicais. Desde o último dia 16, o Ibraf, em parceria com a Agência de Promoção das Exportações (Apex), está realizando rodadas de negócios com representantes do Canadá, Itália, França e República Tcheca.

De olho nesses novos mercados, os produtores correm para se adequar às exigências internacionais. As entidades representativas e de promoção dos produtos brasileiros no exterior estão investindo no marketing, além de incentivar a capacitação dos trabalhadores.

"Estamos promovendo uma estratégia de divulgação junto a turistas estrangeiros que entram no país pelos aeroportos do Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e Fortaleza. Todo turista – nas épocas de maior fluxo – ao chegar nestas cidades pode experimentar as frutas ou sucos produzidos no Brasil", disse.

A cadeia produtiva da fruticultura é um dos setores exportadores mais organizados. Com as ações em parceria com a Apex, conseguiu elevar o Brasil da categoria de importador à de exportador em menos de 10 anos. A balança comercial saiu de um saldo negativo de US$ 106 milhões, em 1998, para um saldo positivo de US$ 292 milhões no ano passado.

 

 

Gazeta Mercantil

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)