Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Crédito sem taxa de aval ficará mais barato ao produtor

17 Ago 2004 - 13h27
A CPR (Cédula do Produtor Rural) a partir deste mês começa a ser operacionalizada com recursos livres e da poupança rural, sem a taxa de aval, usada por 10 anos pelo Banco do Brasil. A taxa oscilava de R$ 0,65% a 0,55%. Sem ela, os custos para o produtor ficarão menores, de 1,5% e 1,7% ao mês, inferior à taxa de 2,25% do mercado. Com as CPRs em carteira, o banco espera alavancar até R$ 4 bilhões em recursos novos para financiar o setor rural em âmbito nacional.
Até o início de agosto, o Banco do Brasil liberou R$ 136,4 milhões em crédito da CPR (Cédula do Produtor Rural) em Mato Grosso do Sul, crescimento de 35% em relação ao montante de todo o ano passado, de R$ 101 milhões, segundo gerente de Agronegócios da superintendência estadual, Carlos Werner. O prazo para liquidação dos contratos varia podendo chegar a um ano e em 90% dos casos é feita com dinheiro e não com entrega de produtos.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Maniaco Sexual
Homem é preso por abusar sexualmente de menina que queria adotar
Lava Jato
Ministros do STF admitem possibilidade de soltura e candidatura de Lula
Brincadeira Fatal
Tragédia: bebê morre esmagado durante brincadeira com carro da família
Execução
Homem tenta correr, mas é executado no meio da rua
Acerto de Contas
Homens falam que são policiais e matam jovem com 45 tiros
Famosidades
Lívia Andrade abre o jogo e diz que gostaria de ser a Hebe Camargo
Nodulo nos Rins
Thiago Fragoso passa por cirurgia nos rins para retirada de nódulo e se recupera bem
Novela Global
'Outro lado': Adriana e Nicolau se beijam pela primeira vez
O Apocalipse
Natália (Samara Felippo) é beijada por Dylan (Marcelo Valle) e se diverte com o jeito dele
Acerto de Contas
Mulher é assassinada e companheiro é poupado pelos bandidos