Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 18 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Coreanos podem investir na ferrovia e agroindústria de MS

28 Set 2004 - 01h01
Missão de parlamentares e empresários da Coréia do Sul visitará Mato Grosso do Sul em outubro para conhecer projetos nos setores de infra-estrutura, indústrias de base e de alimentos, dos quais podem vir a ser parceiros investidores. O interesse dos coreanos está direcionado a três projetos: a restauração da estrada-de-ferro ligando o porto de Santos (SP) a Corumbá (MS), viabilizando desta forma o tráfego na primeira rota ferroviária bi-oceânica da América do Sul; o parque agroindustrial de São Gabriel do Oeste e os pólos mínero-siderúrgico e gás-químico de Corumbá.

A missão vai permanecer 12 dias no Brasil, de 6 a 17 de outubro, e percorrerá outros três Estados: São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. Será chefiada pelo deputado Song Young Gil, presidente da Comissão Parlamentar de Economia e Finanças do Congresso Sul-Coreano e integrada pelos deputados Choi Kyu Sung, Woo Won Sik e Lim Jong Seok, empresário da área de consultoria Han Dong Gun, auditor do Instituto de Pesquisas Ambientais daquele país, Choe Min Hwa e o consultor do Congresso, Moon Deok Yoon.

No Mato Grosso do Sul os sul-coreanos estarão nos dias 13 e 14 de outubro. O primeiro compromisso é em São Gabriel do Oeste, onde empresários daquele país implantarão um complexo industrial para produção de alimentos a base de soja. O investimento é estimado em US$ 30 milhões e a pedra fundamental da indústria central de esmagamento de grãos será lançada no dia 21 de outubro, segundo informou a assessoria do prefeito Adão Rolim.

Saída para Pacífico – Está agendada também uma audiência com o governador Zeca do PT, na qual os sul-coreanos conhecerão detalhes dos projetos da rota bi-oceânica e dos pólos de Corumbá. “É um resultado direto da ação política do governador e um evento muito importante para o Estado e o país, que nesse momento busca parcerias com a iniciativa privada para dar suporte ao crescimento econômico”, avaliou o secretário de Produção e Turismo, José Antônio Felício.

A saída para o Oceano Pacífico fará encurtar em cerca de 7 mil quilômetros a distância entre os centros produtores do Brasil e o mercado consumidor asiático, daí o interesse mútuo por sua concretização. Atualmente a rota de transporte marítimo mais curta entre Brasil e Ásia é feita circundando o litoral nordestino, o norte da América do Sul e atravessando o Canal do Panamá, para então desembocar no Oceano Pacífico. A rota ferroviária bi-oceânica vai baratear o custo do transporte e tornar os produtos brasileiros mais competitivos no mercado internacional, defende o governador.

No Paraná, o alvo dos sul-coreanos é o porto de Paranaguá, que tem enormes carências de logística dificultando e encarecendo o transporte de grãos e minérios. No Rio de Janeiro a parceria almejada é nas áreas naval e petrolífera, com a construção de navios e plataformas para extração de petróleo em alto mar e terra firme. Estão sendo estudados também investimentos nos portos de Sepetiba (RJ) e São Luis (MA). A vinda da missão sul-coreana ao país está sendo intermediada pelo grupo Kaisen, trading internacional com escritórios em Seul e Pequim, capitais da Coréia do Sul e da China, e na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro.
 
APn

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'