Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Conheça os perigos de usar MSN no trabalho

16 Jul 2007 - 14h45

Depois que uma conversa pela internet entre funcionários do Judiciário paulista foi adulterada e publicada nas páginas do "Diário Oficial do Estado", ficou claro que todo o cuidado é pouco na hora de trocar mensagens por e-mail ou MSN no local de trabalho.

E, neste caso, não adianta chiar, pois na maioria dos casos a lei brasileira dá ao empregador o direito de monitorar as mensagens eletrônicas de seus funcionários.

Algumas empresas têm regras claras sobre o assunto. Mesmo assim, é muito comum que aquele comentário que você fez sobre seu chefe ou aquela piada enviada a um colega vá parar na mesa do dono da empresa.

Chantagens, vazamento de informações e cantadas por MSN são situações que acontecem em cerca de 80% das empresas que permitem o uso de ferramentas de mensagem instantânea por seus funcionários, segundo o diretor da empresa Micro Frequency, Oracio Kuradomi. “Tem funcionário que passa o tempo todo batendo papo”, diz Kuradomi.

Ele é o responsável por um sistema de controle e monitoramento de internet vendido para outras empresas. Algumas vezes, também é contratado para monitorar o uso que os funcionários estão fazendo dos emails e MSN.

“Tem empresa que me contrata para ver o que acontece lá dentro. Os funcionários são avisados que tudo está sendo tudo gravado, mas depois de um tempo, as pessoas esquecem”, diz Kuradomi.

O trecho de conversa abaixo foi tirado de uma empresa na qual ele presta serviço e tem autorização e senha para fazer o monitoramento. Os nomes e parte do conteúdo foram alterados ou omitidos. Foram mantidos a linguagem de internet e os erros de português.

Ameaças

Uma conversa entre um funcionário do departamento pessoal de uma empresa e um técnico de processamento de dados foi parar na mesa do dono da companhia. Veja trechos:

Técnico CPD falou: o que ta pegando que recebi um aviso aqui

DP falou: Bem a ordem veio da diretoria, infelizmente não temos como fazer nada, não sei o que aconteceu.

Técnico CPD falou: fulana vou ferrar com a vida dele tenho log de conversas gravados dele e seus cambalachos ate dele flertando varias funcionarias e fornecedoras

DP falou: não sei o que te dizer. infelizmente não posso fazer nada

Técnico CPD falou: kkkkkkkkkk vou falar com o v*** se ele naum rever vou enviar as conversas que tenho gravado para mulher dele

Vazamento de informação

Um ex-patrão e um ex-funcionário fazem uma combinação. O primeiro oferece um dinheiro por fora para ser favorecido em um negócio. O ex-funcionário aceita prejudicar a companhia em que está trabalhando agora para ajudar o ex-chefe, em troca de dinheiro.

exfuncionario falou: realmente esta distribuidora e bem maior e tenho mais benefícios agora podemos armar um esquema tem uns produtos com preço alto aqui e seu preço e melhor quanto me paga de comissão se eu ajeitar umas vendas aqui para você...

expatrao falou: Claro é assim que se fala, faz Asiim eu te pago 3% a cada venda que me realizar daí, vê se consegue a cópia da carteira de cliente geral daí, lembra a reforma da sua casa, se conseguir dou um jeito nela.

exfuncionario falou: legal vou ver o que consigo mas os 3% eu j a de inicio ta legal amanha mesmo já passo uns pedidos vou enviar no xxxx@yyyyy.com.br ok.... e vamos combinar o acerto todo sexta feira e que sexta trabalhamos ate as 16hs ai saindo daqui vou pra ai

expatrao falou: Claro! Fechado... te espero nesta Sexta já, vem tomar café e acertamos todos os detalhes, o que de mal tem em ganhar dos 2 lados, certo?

Os diálogos foram cedidos pela empresa Micro Frequency. O monitoramento das conversas foi feito a pedido das próprias empresas e era de conhecimento dos funcionários.

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos