Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 13 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Clarice pede extensão de asfalto e luminárias em rua de Fátima do Sul

4 Ago 2010 - 10h38Por Washington Lima / Fátima News

Em sessão que marcou o retorna dos trabalhos legislativos do 2º semestre de 2010 na Câmara Municipal de Fátima do Sul, a Vereadora Clarice Barbosa (PMDB), solicitou requereu a Prefeita Municipal, Ilda Salgado Machado, a extensão da pavimentação asfáltica na Rua Melvin Jones até a esquina com a linha do Iguassú, e a colocação de postes com luminárias a partir do campo de futebol Sete de Setembro até a linha do Iguassú.

 

 

A pouco tempo foi requerido pela Vereadora Maria Aparecida dos Santos Garcia a pavimentação da Rua Melvin Jones até o Campo do 7, acontece que os moradores alem desta localidade também sentem falta desta benfeitoria e nos procuraram pedindo que apresentássemos esta solicitação a Prefeita Municipal, pedem alem da pavimentação asfáltica a iluminação deste trecho, facilitando para as pessoas que usam desta via no período noturno, justificou Clarice.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede