Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Censo do IBGE já visitou mais de 15 mil domicílios em Três Lagoas

30 Jun 2007 - 08h17

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) segue a todo vapor na coleta das informações para o Censo 2007 que engloba duas pesquisas realizadas simultaneamente e de forma integrada – o Censo Agropecuário, em todo o país, e a Contagem da População, nos municípios com até 170 mil habitantes e em outras 21 cidades. Em Três Lagoas uma equipe formada por 37 recenseadores, oito supervisores e dois Agentes Censitários Municipais (ACM’s) divide a cidade em 96 e 25 setores, na área urbana e rural, respectivamente.
Pela primeira vez no país, essa operação censitária está sendo totalmente informatizada, com as entrevistas realizadas em computadores de mão equipados com receptores GPS e mapas digitalizados. De acordo com o IBGE, a informatização possibilita um recorde na divulgação dos resultados: no caso da Contagem, por exemplo, os dados serão disponibilizados à sociedade já no dia 31 de agosto, apenas um mês após o final da coleta.
Segundo o coordenador de subárea do Censo 2007, João Paulo dos Santos, em Três Lagoas já foram visitadas pelo menos 15.039 casas com moradores e 21.174 locais, entre estabelecimentos e domicílios.
João Paulo coordena dados de cinco cidades do Bolsão. São elas, Bataguassu, Santa Rita do Pardo, Brasilândia, Água Clara e Três Lagoas. O resultado da coleta é enviado online para o Rio de Janeiro, e um supervisor recebe um questionário para conferir as informações para serem posteriormente computadas. Em Três Lagoas, o posto de coleta do Censo 2007 está localizado à Avenida Olinto Mancini, próximo ao quartel do Exército.
Os recenseadores trabalham diariamente das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, e se necessário em horários extras, aos finais de semana e no período noturno.
A recenseadora Débora Milan dos Santos passou pelo Centro da Cidade nesta sexta-feira e ela comentou com a reportagem sobre a resistência que alguns moradores oferecem, dificultando o trabalho do Censo.
Em caso de recusa, o procedimento é o seguinte: o recenseador depois da tentativa encaminha o caso ao supervisor, se não resolver, a visita será feita pelo coordenador. Esgotadas essas tentativas, a Polícia Federal poderá ser acionada, além de que o morador poderá receber multa. Isso porque, conforme lembrou a recenseadora existe uma lei que obriga as pessoas a prestarem as informações solicitadas pelo IBGE. ‘As informações prestadas são de caráter sigiloso e somente para fins estatísticos, as pessoas não precisam se preocupar com isso’, enfatiza. A lei a que ela se referiu é a 5.534, de 14 de novembro de 1968.
‘É importante que as pessoas informem os dados, uma vez que assim ela está colaborando para sua própria cidade’, comenta Débora.
Com a atualização da população será possível a distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que é feita a partir das projeções e estimativas populacionais que o IBGE divulga anualmente.
No último Censo do IBGE, realizado em 2000, Três Lagoas contava com 79.059 habilitantes. Em 2006, ano da última estimativa registrou-se a existência de 87.113 moradores. Hoje, órgãos públicos e instituições especulam a existência de pelo menos 100 mil habitantes.
O município saberá a população definitiva ainda neste ano. É que o resultado final do Censo está previsto para ser divulgado já em dezembro.

 

Perfil News

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos