Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Candidato que não cumprir promessa poderá ser punido

4 Ago 2004 - 13h36
Promessas eleitorais não cumpridas poderão ser classificadas como crime de responsabilidade se a PEC (Proposta de Emenda à Constituição), do deputado Michel Temer (PMDB-SP), for aprovada pelo Congresso Nacional. A proposta responsabiliza o presidente da República, governador ou prefeito que descumprir os compromissos assumidos durante a campanha eleitoral. "É necessário passar da palavra para a ação. Não basta recomendarmos a adoção de princípios éticos: é preciso sancionar a conduta aética", assegura Temer.

Em defesa da proposta, o parlamentar argumenta que tem sido comum a execução de projetos diversos daqueles pregados na campanha eleitoral pelos candidatos. "Essa forma de proceder gera grande decepção nos eleitores que votaram acreditando naquele programa de campanha", diz Temer, que classifica essa prática como uma espécie de "propaganda enganosa". "Esse é um dos pontos que tem gerado a descrença na classe política", avalia o deputado.

Essa desmoralização, segundo Temer, acarreta uma instabilidade institucional, já que os eleitores passam a desconfiar também das instituições geridas por esses políticos.


Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP
ULTIMO CAPITULO
Globo exibe último capítulo de Segundo Sol e assunto bomba
DE GLÓRIA DE DOURADOS PARA O MUNDO
Ana Karla é convidada especial da Hyundai para um talk show neste sábado em São Paulo
1ª INDIGENA NO GOVERNO
Índia da equipe de Jair Bolsonaro já atuou com Cauã Reymond e foi moradora de rua
FINAL DE NOVELA
Valentim beija Rosa em gravação que vai ao ar no fim de 'Segundo sol'; veja mais detalhes