Menu
SADER_FULL
segunda, 24 de fevereiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Campeonato Brasileiro terá oito jogos na rodada de hoje

7 Jul 2004 - 09h43

Oito jogos movimentam a 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, hoje à noite. As partidas têm início às 19h30 (horário de Mato Grosso do Sul), exceto os confrontos entre Criciúma X Flamengo, Ponte Preta X Santos, e Coritiba X Corinthians, que têm início às 20h45 (de Mato Grosso do Sul).

Em posições bem diferentes, Palmeiras e Juventude se enfrentam, no Palestra Itália. Enquanto os paulistas ocupam a liderança da competição e vêm de uma vitória por 2 a 1 sobre o Paraná, os gaúchos chegam de uma goleada por 4 a 1 sofrida para o Atlético-PR e ocupam apenas o 14º lugar.

O técnico palmeirense, Estevam Soares, contará com a volta de três jogadores, que só não atuaram no último domingo porque estavam suspensos: o goleiro Sérgio, o lateral-esquerdo Lúcio e o meio-campista Corrêa. Assim, Diego Cavallieri, Marcinho e Daniel Martins, estes dois últimos suspensos, deixam a equipe.

Na zaga, Leonardo continua ocupando o lugar do machucado Gabriel. Élson, que pegou só um jogo de suspensão por sua expulsão contra o São Caetano, está confirmado.

No Juventude, após a desastrosa goleada sofrida para o Atlético-PR, o técnico Ivo Wortmann resolveu afastar os volantes Evandro e Donizete, alegando falta de condições físicas de ambos. Porém, como o reserva Vanderson lesionou-se, o treinador foi obrigado e reintegrar Evandro e escalá-lo para pegar o Palmeiras. A equipe contará com o retorno do lateral-direito Jancarlos, recuperado de lesão, e do atacante Leonardo Manzi, que volta ao time depois de ter cumprido suspensão no final de semana.

Motivado pela primeira vitória no Campeonato Brasileiro, o Botafogo recebe o Internacional nesta quarta-feira, no Caio Martins. Apesar do bom resultado diante do São Caetano no fim de semana passado, com nove pontos na tabela, a equipe carioca ainda está na zona de rebaixamento. Já o time gaúcho soma 20 pontos e ocupa a quinta colocação na tabela.

No Botafogo, o técnico Mauro Galvão pôde manter a equipe titular que saiu do ABC paulista com os três pontos. O cabeça-de-área Túlio e o atacante Raúl Esteves foram absolvidos pela 1ª Comissão Disciplinar do STJD pela expulsão contra a Ponte Preta e estão confirmados para o jogo.

O zagueiro Rafael Marques, que deixou o Anacleto Campanella sentindo dores no joelho esquerdo, está recuperado e formará dupla com Gustavo. Assim, o recém-contratado Scheidt permanece no banco de reservas.

O técnico do Internacional, Joel Santana, deve manter a mesma equipe que bateu o Criciúma, por 3 a 0, no fim de semana passado. A única alteração pode ser feita no ataque: Rogério Gaúcho vai para o banco de reservas com a volta de Dauri, recuperado de uma gripe. Reclamando de dores no púbis, Chiquinho é dúvida e pode ser substituído por Kauê na lateral esquerda.

Outra equipe carioca que busca fugir do rebaixamento é o Flamengo, que entra em campo hoje e enfrenta o Criciúma, no Heriberto Hülse. Os rubro-negros, que não conseguirão vencer fora de casa desde o início do campeonato, estão há seis rodadas ocupando a zona de rebaixamento.

Os cariocas viajaram para Santa Catarina com alguns problemas que tornam sua tarefa especialmente complicada. O técnico Abel Braga tem quatro desfalques (Júlio César e Felipe na seleção brasileira, Rafael e Jônatas suspensos) e não poderá contar com os retornos de Zinho, Athirson e Róbson, ainda vetados pelo departamento médico.

O Criciúma, por sua vez, tenta fugir da crise. Depois de um bom começo no Brasileiro, quando chegou a ocupar a liderança, a equipe catarinense perdeu as duas últimas partidas (para Internacional e Grêmio) e caiu para a nona colocação. Insatisfeito com o rendimento dos jogadores, o técnico Vágner Benazzi decidiu trocar o sistema 3-5-2 pelo 4-4-2. Benazzi conta, também, com os retornos de Fernandinho e Paulo César para tentar reencontrar o caminho das vitórias.

Em Curitiba, no estádio Couto Pereira, o Corinthians terá que superar o Coritiba para tentar espantar a má fase instalada no clube neste Brasileirão. A equipe paulista tem a pior defesa do campeonato e o ataque não ostenta bons índices.

Mesmo que vença nesta quarta, o Corinthians permanecerá entre os quatro piores da competição caso o Atlético-MG tenha obtido ao menos um ponto contra o São Paulo. Além do retorno do atacante Gil, suspenso na última rodada, a novidade é a escalação de Zé Carlos na ala-esquerda. Eles jogarão nas vagas ocupadas respectivamente por Bruno Octavio e Renato na derrota de 3 a 2 para o Santos, no domingo, no Pacaembu.

No Coritiba, que vem de vitória por 3 a 0 sobre o Cruzeiro no Mineirão, a expectativa é que um bom público vá ao Couto Pereira. "Esperamos que a torcida compareça, por se tratar do Corinthians, agregado ao fato de termos vencido bem o Cruzeiro fora de casa", declarou o goleiro Fernando.

Os paranaenses contam com os retornos do meia Luiz Carlos Capixaba e do zagueiro Reginaldo Nascimento, suspensos contra o Cruzeiro. O desfalque é o lateral-direito Rafinha, que recebeu o terceiro amarelo em Minas. 

Guarani e Cruzeiro duelam no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. Após marcar dois gols pelo Guarani nas duas últimas rodadas do Brasileiro, o meia Netinho ganhou vaga na equipe titular. Segundo o técnico Zetti, o Guarani precisa melhorar seu desempenho ofensivo para vencer os jogo fora de casa e tentar se distanciar da zona de rebaixamento.  O time campineiro pega a Ponte Preta, no próximo sábado, às 15h30.

Já o Cruzeiro terá o volante Maldonado de volta para a partida desta quarta. Ele não havia jogado contra o Coritiba, no domingo, quando o time mineiro perdeu de 3 a 0.Segundo o departamento médico do clube, Maldonado já se recuperou da lesão no tornozelo direito que o impediu de jogar. O lateral Leandro também retorna ao time titular, depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Paraná e Atlético-PR jogam o clássico desta quarta-feira, no estádio Pinheirão, em situações bastante diferentes no campeonato. O Atlético-PR está em quarto na competição e pode chegar à liderança do Nacional. Já o Paraná, em 19º, com uma derrota, pode entrar na zona de rebaixamento.

O técnico do Paraná, Gilson Kleina, não conta com o volante Beto, expulso no jogo contra o Palmeiras. O treinador só escolherá a formação da equipe instantes antes da partida contra o rival. Kleina ainda não sabe se usará um ou dois atacantes. No caso da manutenção de dois no ataque, a dupla será Galvão e Wellington.

Já no Atlético-PR, o técnico Levir Culpi tem várias opções para o clássico diante do Paraná. Dagoberto e Raulen podem voltar à equipe. Lesionado, Rogério Corrêa desfalca o time.

Em partida que marcará a luta de duas equipes pela reabilitação no Brasileirão, Paysandu e São Caetano confrontam-se no estádio Mangueirão, em Belém. Paraenses e paulistas vêm de derrota na última rodada da competição -curiosamente, para dois cariocas, Flamengo e Botafogo, respectivamente.

Para a partida contra os paraenses, o técnico Muricy Ramalho deverá utilizar o esquema 3-5-2 e apostar nos contra-ataques. Já no Paysandu, o atacante Vinícius deve fazer sua estréia. O jogador atuava no futebol português.

O time de Belém não poderá contar com o volante Sandro, que cumpre suspensão automática diante da equipe paulista. Na defesa, Júlio Santos está de volta ao time, que nunca perdeu para o São Caetano, em Belém.

O Santos vai à Campinas e pega a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli. A equipe não conta mais com o meia Renato e ainda pode perder Diego.

Os dois jogadores estão com a seleção brasileira para a disputa da Copa América, no Peru. O contrato do volante acaba no sábado, mas nesta terça ele foi anunciado pelo Sevilla (Espanha). No caso de Diego, o presidente Marcelo Teixeira disse que deu prazo até o final da semana para o Porto, de Portugal, manifestar-se sobre a contraproposta santista. Se o clube português não aceitar pagar a quantia pedida, Teixeira quer iniciar as negociações para prorrogar o contrato do meia, que termina em julho de 2005.

O presidente disse que só se reunirá com emissários do Porto se o Santos receber por escrito a solicitação do encontro, o que, segundo a assessoria do clube, não havia acontecido até terça. O técnico Vanderlei Luxemburgo, que não gostou de ficar sem Diego por causa da Copa América, não quis se pronunciar sobre a eventual saída do meia.

Hoje, o Santos atuará sem o lateral-esquerdo Léo, suspenso. A solução encontrada por Luxemburgo foi promover a estréia, na ala direita, do lateral Flávio, recém-contratado do futebol russo, e deslocar o lateral-direito Paulo César para a esquerda, onde ele já atuou pelo Fluminense.

Na zaga, André Luis, que cumpriu suspensão, volta a atuar ao lado do novato Domingos. Cristiano Ávalos, que o substituiu no clássico, nem sequer viajou para Campinas. Ele permanecerá em Santos aprimorando a forma.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CASO
Anitta posa com novo affair em camarote da sapucai pouco antes de subir ao palco
100 EXPEDIENTE
Bancos irão fechar na segunda e terça-feira de carnaval
AMOR DE GENRO
Motorista é flagrado levando a sogra no porta-malas
FATALIDADE
Motorista morre após carro sair da pista e ficar submerso em rio
BARBÁRIE
Adolescente de 17 anos é morta a facadas e tem cabeça levada até casa da mãe
CARNAVAL E TURISMO
Carnaval: Veja 6 destinos para descansar e contemplar as belezas de MS
VICENTINA - RAÇA NEGRA TÁ VINDO
Em noite de Feira Livre, prefeito surpreende e anuncia Raça Negra para o aniversário de Vicentina
TURISMO NO MS
Descubra a beleza das praias de água doce para curtir o Carnaval em MS
CARNAVAL 2020
Por WhatsApp, Witzel convida Bolsonaro para assistir a desfiles do carnaval no seu camarote
DICAS DE SEGURANÇA
Saia de viagem neste feriado e deixe sua casa segura com as dicas da Polícia Civil