Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Campanha convoca mulheres para exame preventivo

1 Out 2004 - 17h39
As equipes da Secretaria Municipal da Saúde prosseguem, nesse sábado (02/10), com a Campanha de Prevenção do Câncer de Colo Uterino. A coleta de preventivo se dará no período das 7h30min às 16h30min, em nove unidades básicas de saúde. As mulheres não precisam agendar horário para o exame, que será feito pelas enfermeiras das unidades. O mutirão será realizado ainda no dia 16 de outubro. A campanha é desenvolvida aos sábados para atrair, principalmente, as mulheres que não têm condições de procurar uma unidade de saúde durante a semana.

A coleta de material para exame será efetuada nas unidades básicas de saúde dos bairros Nova Bahia, Cel. Antonino, Vila Almeida, Coophavila II, Aero Rancho (Centro da Mulher), Guanandy (UBS Dona Neta), Moreninha III, Universitária e Tiradentes. Com exceção da Síndrome da Deficiência Imuno-adquirida (Aids), mal para o qual ainda não existe cura, nos casos dos cânceres de colo de útero e de mama os exames preventivos podem evitar o surgimento ou antecipar a cura das doenças. Em relação a Aids, mesmo não havendo cura, o tratamento oferecido gratuitamente no Brasil é capaz de reduzir, consideravelmente, a possibilidade de agravamento da doença.

A gerente técnica da Sesau, enfermeira responsável pela campanha, Mara Alice Real Gonçalves esclarece que a iniciativa visa, ainda, promover um alerta às mulheres quanto à necessidade de realização de exames preventivos de forma rotineira, pelo menos uma vez ao ano. “Muitas mulheres têm medo de fazer o exame, que é simples, rápido e indolor, mas o medo maior que elas devem ter é de contrair uma doença sexualmente transmissível, como o HPV que não tratado pode gerar um câncer uterino”, adverte a gerente técnica.

Segundo a gerente Mara Alice, o câncer do colo de útero tem lenta progressão, quanto mais cedo a descoberta maior chance de cura”, informa O exame deve ser realizado anualmente naquelas mulheres que têm vida sexual (ativa ou não), em mulheres com idade acima de 40 anos, e mesmo naquelas que já não tem mais útero, e pode ser realizado inclusive em gestantes que estão com preventivo em atraso.
 
 
MS Noticias

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho