Menu
SADER_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Cadeia produtiva do leite se reúne em Campo Grande

19 Out 2004 - 07h08
Mato Grosso do Sul vai sediar um dos maiores eventos voltados para a cadeia produtiva do leite no País. Dos dias 4 a 7 de novembro, Campo Grande estará reunindo produtores, lideranças políticas, representantes de organizações públicas e privadas, estudantes e profissionais da assistência técnica e extensão rural no 4º Congresso Internacional do Leite. Autoridades do governo federal e pesquisadores de sete países irão debater políticas e tecnologias voltadas para a atividade láctea.

O congresso é uma iniciativa da Embrapa Gado de Leite - unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. O evento teve a sua primeira edição em Goiás e se tornou itinerante. Este ano estão confirmadas 13 palestras, além de vários debates e atividades paralelas. Espera-se a presença de mais de 500 participantes.

Para a realização de um evento deste porte, a Embrapa Gado de Leite conta com a parceria de várias instituições. Entre elas estão a Confederação Nacional de Agricultura (CNA), Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Confederação Brasileira de Cooperativas de Laticínios, governo de Mato Grosso do Sul e Leite Brasil.

As atividades serão desenvolvidas no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, no parque dos Poderes, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.


Leite - Uma cadeia produtiva em franca expansão
leite e derivados constituem o principal segmento da indústria alimentícia brasileira, correspondendo a 1,5% de toda a riqueza produzida no País. Segundo o chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo do Carmo Martins, para cada R$ 1 milhão em vendas de lácteos, são gerados 129 empregos permanentes. "A cadeia produtiva do leite supera setores como a construção civil e as indústrias têxtil e de automóveis em termos de geração de empregos."

Nos últimos 30 anos, a produção brasileira de leite cresceu 3,5 vezes. "Deixamos de ser um grande importador de lácteos e já estamos exportando para países do Oriente Médio, África e China", diz Martins. Segundo ele, é possível que este ano a balança comercial de lácteos se equilibre.

O Congresso Internacional do Leite se tornou um dos mais representativos fóruns para esta cadeia produtiva tão dinâmica. O congresso é dividido em dois grandes eventos: o workshop sobre políticas públicas para o agronegócio do leite, em que serão abordados temas como o mercado interno e externo, o futuro das cooperativas do setor, políticas de determinação de preços e a produção familiar; o segundo evento é o Simpósio sobre sustentabilidade da pecuária de leite, que discutirá alternativas sustentáveis para a produção de leite no Brasil e na América Latina, além de práticas visando à exportação de lácteos (qualidade e rastreabilidade) e sistemas sustentáveis para a agricultura familiar.

O fato de Mato Grosso do Sul sediar o Congresso reflete o grande potencial do Estado para a atividade leiteira. Em uma década, é provável que Mato Grosso do Sul se torne tão representativo para o setor quanto Goiás, que está entre os três maiores estados produtores de leite do Brasil. As condições propícias de solo, clima e relevo, aliados à tradição pecuária da região, só fazem contribuir para isto. Segundo Martins, este Congresso pode ser um divisor de águas para a pecuária de leite do Mato Grosso do Sul.

Outras informações sobre o 4º Congresso Internacional do Leite podem ser obtidas no site www.cnpgl.embrapa.br ou pelos telefone (32) 3249-4700(MG) e (67) 318-5273.
 
APn

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'