Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 24 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Brasil vacila, perde para Argentina e se complica

30 Ago 2007 - 08h15

O Brasil chegou a estar ganhando por 17 pontos, mas vacilou na segunda metade do jogo e foi derrotado pela Argentina, por 86 a 79, na prorrogação, pela segunda fase do Pré-Olímpico das Américas, que está sendo disputado em Las Vegas, nos Estados Unidos. Com o placar, a equipe comandada pelo técnico Lula Ferreira precisa vencer o Uruguai, nesta quinta-feira, às 20h, para garantir o terceiro lugar e disputar a semifinal no sábado.

Se tivesse vencido, o Brasil, que agora soma três triunfos e três derrotas, já teria garantido, no mínimo, a terceira colocação, escapando do primeiro colocado, provavelmente o time nacional dos Estados Unidos. A Argentina, com seis vitórias em seis partidas, disputará o primeiro lugar da etapa de classificação nesta quinta-feira, contra os donos da casa.

Os dois vencedores das partidas semifinais gararantem vaga em Pequim.

Nesta quarta-feira, o Brasil teve um grande primeiro tempo, impulsionado, principalmente, pela forte marcação e as cestas de três pontos.

Com bom aproveitamento nas cestas de três e oito pontos de Leandrinho, a Seleção conseguiu boa vantagem no primeiro quarto, vencido por 23 a 16.

No segundo período, o Brasil mostrou muita raça e manteve a ponta. A equipe venceu o quarto por 19 a 12 e levou liderança de 14 pontos para o intervalo: 42 a 28.

Na primeira bola no terceiro período, Leandrinho acertou bola de três e deu ao Brasil a maior vantagem do confronto: 17 pontos. A partir daí, no entanto, o time argentino, beneficiado pela piora da marcação brasileira e de muitos erros do adversário, comandou todas as ações. Ao final do terceiro período, a equipe brasileira estava apenas oito pontos na frente.

No quarto decisivo, o panorama da partida não mudou. A Argentina fez 8 a 0 chegou ao empate por 58 pontos. O Brasil reagiu e chegou a abrir seis pontos: 66 a 60 e 71 a 65.

A atual campeã olímpica, no entanto, voltou a ser melhor e teve a chance de virar com Luis Scola, com dois lances livres a pouco mais de um minuto para o final. O pivô, porém, desperdiçou um arremesso e o tempo normal acabou empatado por 71 a 71.

No tempo extra, a Argentina, motivada, não deu chances ao Brasil, que seguiu errando e perdeu por 86 a 79.

Individualmente, o melhor em quadra foi Luis Scola, que marcou 23 pontos e conseguiu 12 rebotes. Carlos Delfino, com 17 pontos e dez rebotes, e Paolo Quinteros, com 19 pontos e três rebotes, também se destacaram entre os vencedores.

No Brasil, o melhor foi Marcelinho Machado, que conseguiu 19 pontos, sete rebotes e deu sete assistências. Leandrinho, com 16 pontos, cinco assistências e um rebote, Valtinho, com 14 pontos, quatro rebotes e um passe decisivo, e Nenê, com dez pontos, duas assistências e doze rebotes, também tiveram bons desempenhos nos números.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFANTICIDIO
Mãe de garotinha morta em Arapongas apanha na cadeia e confirma abusos e agressões – OUÇA ÁUDIO
MORTE ABSURDA
Mulher é morta a tiros após briga por levar bolo e não salgado a festa
AFOGAMENTO
Criança de 8 anos morre afogada ao cair em represa de pesqueiro
CAMPEÃ DO MUNDO FUTSAL
Não deu na Copa, mas deu no Futsal: Campeãs mundiais
RESPIRA POR APARELHOS
Hospital divulga boletim sobre estado de filho de Huck e Angélica
FAMOSIDADES
Filho de Angélica e Luciano Huck sofre acidente com wakeboard em Ilha Grande
DUPLO ASSASSINATO
Criança vê execução de pai e mãe em menos de 6 meses
COPA AMÉRICA
Brasil joga bonito, goleia Peru e se classifica em primeiro, veja os gols
SELFIE MORTAL
Jovem morre ao tentar tirar selfie na estação de trem do Riachuelo
CIGARRO ELETRÔNICO
Narguilé explode e jovem tem 60% do corpo queimado em festa