Menu
PASSARELA
sábado, 26 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Brasil tem novo dicionário de substâncias farmacêuticas

17 Jun 2010 - 17h16Por www.abifina.org.br

Abiquif lança a mais nova e completa edição do Dicionário de Substâncias Farmacêuticas Comerciais, com 12.133 verbetes, nos moldes das principais publicações internacionais, consideradas importante instrumento de referência nos principais mercados farmacêuticos do mundo

Chega ao mercado a mais nova edição do livro que é apontado como a maior fonte de referência para todos os que atuam no setor farmoquímico-farmacêutico do Brasil: o Dicionário de Substâncias Farmacêuticas Comerciais (DSFC), com 12.13 substâncias, incluindo itens controlados e radiofármacos (167), cada uma com nove dados específicos, perfazendo mais de 100.000 registros, em uma edição de capa dura, com 684 páginas.

Um trabalho criterioso e persistente do farmacêutico Onésimo Ázara Pereira, presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica (ABIQUIF), que coletou e aglutinou informações dispostas em quatorze diferentes fontes para a quarta edição dessa obra, que quase dobrou de tamanho desde sua criação, em 2000 - que contou com 7.958 substâncias listadas.

Mais do que isso, o dicionário consolida em um único documento, as mais variadas e dispersas informações retiradas de documentos oficiais, como resoluções, portarias, instruções normativas, além de publicações oficiais e privadas de caráter nacionais e internacionais, sobre uma ampla gama de produtos de interesse das áreas farmacêutica, médica, de comércio exterior, entre outras.

Referência setorial "O Brasil, atualmente, situa-se como um dos dez maiores mercados mundiais de farmoquímicos e de medicamentos, pautando uma indústria de excelência que movimenta anualmente US$ 18 bilhões e desponta como o segundo maior mercado emergente depois da China", observa Mauro Laviola, diretor da Associação de Comércio Exterior do Brasil, que prefacia o livro.

"Será, sem dúvida, elemento essencial de consulta sobre todo o universo farmacológico mundial que se amplia de forma geométrica mercê a interatividade que caracteriza as relações industriais e comerciais do mundo moderno", diz Laviola.

Segundo ele, o dicionário é mais uma contribuição também para o aprimoramento contínuo do marco regulatório brasileiro, lembrando que o autor "pesquisou novas fontes internacionais e nacionais de consulta que resultaram na atualização desta edição".

Radiofármacos Nesta edição, o autor incluiu a lista de radiofármacos (agentes radioativos), produtos químicos (farmoquímicos ou não) que têm na sua composição um radionuclídeo e são utilizados para diagnóstico e tratamento de várias doenças, particularmente em vários tipos de câncer.

Também conta da obra uma lista com substâncias controladas (cerca de 850) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de acordo com a Portaria 344, de 12 de maio de 1998. "É mais um elemento disponível na busca correta das substâncias farmacêuticas comerciais desejadas", observa o autor.

O Dicionário de Substâncias Farmacêuticas Comerciais é editado pela Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica (ABIQUIF) com o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).

Informações incluídas em cada verbete 1 - Denominação Comum Brasileira (DCB). 2 - Se o produto é controlado ou proscrito pela Anvisa (C ou P). 3 - Denominação Comum Internacional (DCI). 4 - Categoria farmacológica ou terapêutica do produto. 5 - Classificação do produto na Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM). 6 - Inclusão do produto na Nomenclatura de Valor Aduaneiro e Estatística (NVE), da Receita Federal (SRF). 7 - Número da Denominação Comum Brasileira (n° DCB) 8 - Número de referência na Denominação Comum Internacional (Ref. n° DCI). 9 - Número do produto no Chemical Abstracts Service (CAS).

Verbete ilustrativo 1 - cloridrato de loperamida - 2 - (C); - 3 - loperamide hydrochloride; 4 - antidiarréico, antiperistáltico; - 5 - NCM: 2933.39.24 - 6 - NVE; 7 - DCB: 05405; - 8 - Ref. DCI: 3098; - 9 - CAS: 34552-83-5.

As vendas do Dicionário de Substâncias Farmacêuticas Comerciais - 4ª edição estão a cargo da LCM Comunicação Ltda. - Tel.: (21) 2553-6391 / e-mail: dsfc@abiquif.org.br.

Mais informações: Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica Sr. Onésimo Ázara Pereira Tel.: (21) 2220-3005 / e-mail: onesimo@abiquif.org.br www.abiquif.org.br

Link para arquivo no formato .pdf com as páginas iniciais do Dicionário: Capa, Prefácio, Introdução, Instruções de Uso e Notas Explicativas da 4ª edição do DSFC

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante