Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Anvisa prorroga consulta pública sobre salas para fumar

3 Mai 2007 - 04h24
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) prorrogou por mais 30 dias a Consulta Pública que pretende regulamentar o funcionamento das salas destinadas exclusivamente para fumantes em locais fechados. Atualmente, o uso de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos e outros produtos derivados do tabaco só é permitido em áreas ao ar livre.

A partir dessa nova proposta, os estabelecimentos localizados em recinto fechado que quiserem oferecer espaço para fumantes deverão se adaptar. Nestes locais deverá haver salas específicas para os fumantes, com sistema de climatização específico, para reduzir o acúmulo de fumaça no seu interior e impedir a sua transposição para outros ambientes.

        Fica proibido o exercício de atividades de entretenimento, o consumo de produtos alimentícios e a comercialização de produtos derivados do tabaco no interior da sala e estas deverão ter, ainda, cinzeiros com caixa de areia e frases e imagens de advertência definidas pela agência. O acesso a esses recintos será proibido para menores de 18 anos.

        Críticas e sugestões à proposta podem ser enviadas até o dia 31 de maio pelo endereço
 www.anvisa.gov.br/scriptsweb/consulta_publica/consultas_paginado.asp?ano=2007 ou para o e-mail controle.tabaco@anvisa.gov.br, com a designação do assunto “salas exclusivas para fumar”. 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'