Menu
PASSARELA
quinta, 21 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Andrés se reúne com Maradona e Romário para discutir ações na Conmebol

4 Set 2013 - 09h52Por Uol

O ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, se reunirá na manhã desta quarta-feira com os ex-jogadores Diego Maradona e Romário para discutir o futebol sul-americano e analisar as ações da Conmebol e o relacionamento entre os clubes e a entidade. O encontro será no Parque São Jorge.

Além do ex-meia argentino e do hoje deputado federal, representantes de alguns clubes sul-americanos e outros ex-atletas também marcarão presença no encontro.

Estarão em pauta assuntos como as premiações propostas pela Conmebol na Copa Libertadores e na Copa Sul-Americana, além de outros pontos na relação entre a entidade e as equipes.

A Conmebol costuma pagar premiações baixas para os campeões das competições que organiza e não abre para os clubes participantes as receitas obtidas em patrocínio e venda de direitos de transmissão, por exemplo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Terceiro homem que assediou russa na Copa diz que “estão transformando um copo d’água em uma tempestade”
‘Alta Pressão’
Exército deflagra Operação para fiscalizar armamento e reduzir desvios para o comércio ilegal
COLÉGIO DELPHOS - BOLSAS DE ESTUDOS
Colégio Delphos Nota 10 oferece provas para bolsas de estudos neste sábado em Dourados
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
PENSÃO ALIMENTÍCIA
Genro de Silvio Santos é procurado por Policia Federal após mandado de prisão
APOCALIPSE
Arthur (Junno Andrade) fala na TV do ataque ao navio de fugitivos e das consequências da erupção de
POLÊMICA
Projeto quer liberar venda direta de etanol das usinas aos postos
FÁTIMA DO SUL - ESTRUTURA NOVA
Fátima do Sul terá um novo conceito de lojas Cacau Show, AGUARDEM!!!
DOURADOS - ITALÍNEA MÓVEIS PLANEJADOS
Em Dourados, Italínea Móveis Planejados dá dicas para deixar sua casa pronta para o inverno
APOCALIPSE
Ricardo (Sérgio Marone) autoriza que um navio de fugitivos seja bombardeado