Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de junho de 2021
SADER_FULL
Busca
Tecnologia

Tribunal de Justiça de MS cria Sistema de Gestão Ambiental

6 Out 2009 - 10h32Por TJ / MS

Levando em conta a Recomendação nº 11, de 2007, do Conselho Nacional de Justiça, a qual orientou os tribunais para adotarem políticas públicas em prol do meio ambiente, em junho deste ano, foi criada a Comissão de Gestão Ambiental do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, cuja finalidade era instituir o Sistema de Gestão Ambiental, ato regulamentado por meio da Portaria nº 192, de 5 de outubro de 2009, publicada no Diário da Justiça desta terça-feira.

De acordo com a Portaria, o Sistema de Gestão fundamenta-se no tripé básico da sustentabilidade: ambientalmente correto, socialmente justo e economicamente viável.

O intuito é sensibilizar e incentivar os servidores à adoção de uma postura ecologicamente responsável. A diretora da Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica, Glauce Batista, acrescenta que o Sistema de Gestão Ambiental, além de estabelecer esta postura ecologicamente responsável, tem como um de seus grandes focos do trabalho a redução de despesas no judiciário, atendendo assim, necessidades ilimitadas com recursos limitados.

Seus objetivos, conforme a portaria, é reduzir o consumo de papel, por meio da utilização da comunicação eletrônica entre as unidades do judiciário, pelo programa SCDPA (Sistema de Controle de Documentos e Processos Administrativos), além de implantar gradativamente o uso do papel não clorado ou reciclado, tanto para as atividades administrativas quanto para os documentos judiciais. Objetiva, também, evitar as impressões desnecessárias, e adotar obrigatoriamente a impressão em frente e verso.

Também consta na Portaria a implantação gradativa de capas permanentes e reaproveitáveis para os processos; reduzir o consumo de copos descartáveis, e para tanto, copos de material durável serão entregues aos servidores; reduzir o gasto com energia elétrica, incentivando o hábito de apagar as lâmpadas em locais que não estão sendo utilizados; e reduzir o consumo de água, por meio do monitoramento mensal de consumo e manutenção das instalações hidráulicas dos prédios do poder judiciário.

A portaria também prevê a implantação do sistema de coleta seletiva em que o material reciclado será doado a instituições beneficentes. Também estão previstas campanhas, palestras e material de divulgação que incentivem à adoção de atitudes ambientalmente corretas.

Plano de Ações e Grupo Ecogestão/PJMS - A Portaria nº 192 é acompanhada ainda do Plano de Ações, publicado em anexo à norma, o qual descreve a atividade, quem participa dela, as estratégias, o responsável pela implantação e o prazo para executar a medida.

Para acompanhar os trabalhos, fica instituído também o Grupo Ecogestão/PJMS – Grupo de Gestão Ambiental do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.

O grupo será formado por servidores e magistrados por meio da adesão voluntária e terá suas atividades coordenadas pelos diretores das Secretarias: Judiciária, Corregedoria-Geral de Justiça, Obras, Juizados Especiais e Planejamento e Gestão Estratégica. Em breve, haverá o link do Grupo na intranet.

 

Conheça o sistema de notícias da dothcom

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVERNO
Domingo gelado no sudoeste de Mato Grosso do Sul
MS EM DESTAQUE
MS é o 1° Estado do Brasil a garantir acesso à movimentação de bilhetes do transporte intermunicipal
TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULO
Comunicação de Venda Online do Detran-MS evita problemas para quem vende um veículo
FRIO A VISTA
Última semana de outono será de tempo firme e frio rigoroso em Fátima do Sul
PREPARE O COBERTOR
Chuvarada de 100 mm trás frio de 9º para Fátima do Sul no final de semana
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
ca78c3ec 918c 4fa0 ac6e 488bbc364990 GRAVE ACIDENTE
Grave acidente deixa mulher desacordada próximo a antiga Pacaembu em Fátima do Sul
TWITTER
Compra de seguidores no Twitter: tudo o que você precisa saber para ter sucesso
BET365
Baixe o App Bet365 no seu aparelho e obtenha mais funcionalidades
PORTAL DE CONSULTAS
Mais uma ferramenta de transparência, portal da Consultoria Legislativa facilita a vida do cidadão