Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 25 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Telecomunicações

Celulares piratas serão bloqueados depois da Copa do Mundo

17 Dez 2013 - 09h46Por Veja

 As operadoras de telefonia pediram na última segunda-feira à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) o bloqueio dos aparelhos com base no cadastro único de códigos internacionais de identificação de dispositivos móveis (Imei, na sigla em inglês), uma espécie de DNA de cada celular, previsto para começar em março de 2014.

A proposta é que a operação só comece depois da Copa do Mundo, que será realizada entre junho e julho do ano que vem.

As operadoras alegam que a realização da operação de identificação de celulares não homologados para funcionamento no Brasil acabará bloqueando aparelhos de turistas estrangeiros que visitam o país durante a Copa.

Se as empresas seguirem à risca as regras a serem impostas pela Anatel, os estrangeiros correm o risco de ficar sem comunicação durante a estada no Brasil. "Certamente, muitos estrangeiros trarão seus próprios aparelhos, e o sistema indicaria que esses celulares estão irregulares", diz Sérgio Kern, porta-voz do sindicato das empresas de telefonia e serviço móvel celular e pessoal (Sinditelebrasil).

Bloqueio aos piratas

Quando o cadastro de celulares estiver em operação, será possível identificar a situação de todos aparelhos não homologados em atividade no país. Assim que o dispositivo se conectar à rede de uma operadora, seu número de Imei será reconhecido e, em seguida, comparado com os dados registrados em um cadastro nacional. Dessa maneira, as operadoras poderão identificar os aparelhos que não foram homologados para uso no Brasil, ou seja, não passaram por testes em laboratórios credenciados junto à Anatel.

A categoria de celulares não-homologados inclui aparelhos importados ilegalmente, geralmente sem marca, réplicas de smartphones populares e também modelos avançados comprados por brasileiros durante viagens no exterior - embora este último caso não esteja no alvo da fiscalização da Anatel. Celulares roubados e revendidos para terceiros após ter o Imei clonado também serão bloqueados quando o novo cadastro estiver em operação.

Segundo os últimos dados divulgados pela Anatel, em outubro, mais de 254 milhões de celulares estão em operação no Brasil, mas não se sabe quantos deles estão em situação irregular. A Anatel estima que a parcela chegue a 20%; as operadoras, entre 5% e 10%. "Só teremos dados mais precisos quando o novo sistema começar a operar", diz Kern, do Sinditelebrasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADES
De Xiaomi a Ipad: Sefaz realiza leilão de mercadorias apreendidas em MS
RECOMPENSA DO FACEBOOK
Adolescente de BH que ganhou prêmio de R$ 130 mil após ajudar a corrigir falha no Instagran
Feira das Profissões 2020 acontecerá em um ambiente totalmente virtual DOURADOS - UNIGRAN
Feira das Profissões 2020 inicia na próxima segunda-feira com novidades
ALERTA DE TEMPESTADE
Com bairros ainda sem energia, Fátima do Sul tem alerta de tempestade quinta feira, 29
Energisa aumentou número de equipes para dar conta da demanda Foto: Divulgação 100 ENERGIA
Nove bairros de Dourados ainda apresentam problemas com falta de energia
TEMPESTADE
Chuva e ventos de 46km/h derrubam árvores e levam sujeira às ruas de Dourados
MUITA CHUVA
Chuva chega em Fátima do Sul com muita ventania
TEMPO
Semana inicia com previsão de 64 mm de chuva para Fátima do Sul
DOURADOS - UNIGRAN
UNIGRAN realiza Feira das Profissões 2020 em um ambiente totalmente on-line
5G NO BRASIL
Anatel quer que operadoras colaborem com a universalização do 5G no Brasil