Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de julho de 2021
Busca
Saúde

Segunda dose da vacina contra HPV começa a ser aplicada hoje

1 Set 2014 - 07h41Por Agência Brasil

A segunda dose da vacina contra o HPV (papiloma vírus humano) começa a ser aplicada nesta segunda-feira (1º) em meninas de 11 a 13 anos. A vacinação será feita em escolas públicas e particulares e também em unidades de saúde. A primeira dose foi aplicada em março deste ano.

A vacina também está disponível nos postos de saúde para meninas que ainda não tomaram a primeira dose. Para receber a segunda dose, basta apresentar o cartão de vacinação ou documento de identificação. A terceira dose da vacina será aplicada cinco anos após a primeira. O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, alertou que a aplicação da segunda dose, seis meses após a primeira, é fundamental para garantir a imunização. "Sem a segunda dose da vacina, não há proteção".

Em 2015, a vacina será oferecida para meninas de 9 a 11 anos e, em 2016, para meninas de 9 anos.

Barbosa lembrou que a vacina protege contra quatro subtipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os subtipos 16 e 18 são responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero, enquanto os subtipos 6 e 11 respondem por 90% das verrugas na região anal e genital.

Conheça alguns mitos e verdades sobre as DSTs25 fotos

2 / 25
A camisinha não protege contra todas as DSTs. VERDADE: algumas doenças sexualmente transmissíveis podem causar feridas em regiões não cobertas pelo preservativo. Mas é importante frisar que a camisinha, ainda assim, é o melhor método para evitar as DSTs - inclusive a Aids - impedindo o contato com sangue, esperma e secreção vaginal. Se utilizada corretamente, o preservativo diminui o risco de contágio para 5%. Ayrton Vignola/Folha Imagem

Segundo o ministro da Saúde, Arthur Chioro, 4,3 milhões de meninas entre 11 e 13 anos foram imunizadas na primeira etapa, totalizando 87% da taxa de cobertura. O ministro reforçou a necessidade de alta cobertura nos Estados e municípios na segunda etapa de vacinação.

O HPV pode ser contraído durante o ato sexual e pode causar câncer de colo de útero, por isso a vacinação em massa é indicada primeiramente para as meninas. O uso da camisinha é recomendável para evitar o contágio, assim como a realização do exame de Papanicolau em mulheres com vida sexual ativa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VACINA CORONAVÍRUS EM MS
ALERTA: Não é momento de descuidar, taxa de contágio tem leve aumento em MS
ASTRAZENECA VACINA ASTRAZENECA
AstraZeneca: 02 doses têm proteção de 93,6% contra mortes por Covid, entenda sobre a 1ª e 2ª doses
LUDELÇA DORNELLES FÁTIMA DO SUL - NOVO DECRETO
Fátima do Sul tem novo Toque de Recolher, Secretária fala sobre decreto, casos e vacinas, ASSISTA
IMUNIZAÇÃO
Mato Grosso do Sul imuniza mais de 88% dos maiores de 60 anos
CONTAGIO DA COVID
Taxa de contágio da covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
UNIVERSALIZAÇÃO DO ESGOTO
Um ano após do Marco Legal do Saneamento, MS segue à frente no processo de universalização do esgoto
af32de81 3412 4324 b07f a40e9d7b6bf4 LUTO - FATIMA DO SUL
Fátima do Sul se entristece com o falecimento do centenário "seu Joaquim"
CORONAVÍRUS EM MS
Com quedas na taxa de ocupação de leitos, Estado registra 96 vagas para Covid-19
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
Primeira onda de frio intenso chegou ao MS no final de junho (Foto: Arquivo/Marcos Maluf) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS OLHA QUEM TÁ VOLTANDO
Frio volta na próxima semana e mínimas podem chegar aos 3ºC