Menu
SADER_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
Busca
COVID-19 NO MS

MS confirma duas mortes por covid e chega a quase 9,7 mil vítimas da pandemia

Duas mortes por covid-19 em Mato Grosso do Sul foram confirmadas nesta quarta-feira (8) pela SES (Secretaria Estadual de Saúde).

8 Dez 2021 - 14h19Por Campo Grande News

Duas mortes por covid-19 em Mato Grosso do Sul foram confirmadas nesta quarta-feira (8) pela SES (Secretaria Estadual de Saúde). Elas aconteceram nos meses de abril e maio, mas só tiveram a confirmação oficial hoje. Com isso, o Estado chega a 9.699 vítimas pelo coronavírus, desde o início da pandemia.

As atualizações podem demorar para acontecer e, ao menos 99 casos esperam confirmação laboratorial no Lacen (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul) e 164 não foram encerrados pelas secretarias municipais de Saúde.

Um dos conceitos utilizados para suavizar as variações nos dados, a média móvel de sete em sete em dias está ajustada em aproximadamente 1,7 óbito e 73,7 infecções a cada 24 horas. O índice de mortes tem variado entre uma e duas pessoas levadas pela covid, nas últimas semanas.

Desde o início da pandemia, mais de 379,3 mil sul-mato-grossenses tiveram covid, dos quais 368,6 mil são categorizados como recuperados. Além das mortes, ao menos 48 estão internados, sendo 22 em leitos clínicos e 26 em terapia intensiva. No auge da pandemia, havia mais de mil pessoas hospitalizadas com sintomas respiratórios.

Atualmente, há seis pacientes em fila de espera para um leito - índice que beirava os 150, em meados de junho deste ano. Quatro são de Campo Grande, um de Dourados e o outro de Fátima do Sul.

VACINAÇÃO - Mais de 71,5% da população do Estado completou o primeiro ciclo vacinal. No entanto, a taxa de quem recebeu dose de reforço beira os 15%. Vale ressaltar que ao menos 237 mil pessoas aguardam a disponibilização das doses de Janssen, para o reforço, que pode ser aplicado, passados dois meses da primeira vacina.

A dose adicional, no entanto, está restrita a adultos que tomaram a última dose há, pelo menos, quatro meses.

Quem tomou duas doses de Coronavac, Pfizer e Astrazenca pode procurar uma terceira dose a partir de quatro meses da última aplicação.
Já quem recebeu dose única de Pfizer pode procurar uma segunda dose a partir da primeira aplicação, e uma dose adicional, passados outros quatro meses após a segunda.
De acordo com a diretora de Vigilância à Saúde, Larissa Castilho, há doses em estoque para os que já estão incluídos no cronograma vacinal, e é necessário que a população busque se proteger. “Hoje chegaram as vacinas das Janssen, 200,2 mil doses que vão ser encaminhadas hoje mesmo aos municípios”. 

Leia Também

PANDEMIA NO MS
MS tem 8 mortes por covid e influenza nas últimas 24h; 3 das vítimas são de Campo Grande
ALARMANTE
Brasil bate recorde de casos diários de covid-19 com 204,8 mil
COVID-19 NO MS
Com aumento de casos, Fatima do Sul e 55 das 79 cidades do MS tiveram novos registros de covid-19
DEODÁPOLIS - AVANÇO DA COVID-19
Em novo boletim, casos positivos de Covid passam de 180 em Deodápolis
VACINAÇÃO INFANTIL
"Uma cortina de fumaça", diz Geraldo sobre vacina errada da Covid em crianças no MS
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
BOLETIM: Fátima do Sul se aproxima de 200 casos, Culturama também registra novos positivos Covid
Alexsandro Nogueira, Comitê Prosseguir VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
MS atinge 91% de vacinados acima de 18 anos e Riedel garante testes à população
FOTO: FIOCRUZ VIVA O SUS - VIVA A CIÊNCIA
Fiocruz finaliza o desenvolvimento de 02 novos testes moleculares para o diagnóstico da Covid, veja
IVINHEMA - CASOS DE COVID
Com quase 100 casos em 24h, Covid-19 continuam crescendo drasticamente, veja o boletim em Ivinhema
COVID BOLETIM CORONAVÍRUS
Saúde registra mais de 1.700 casos em 24h e alerta para taxa de positividade e internações