Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 2 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Nova Andradina - POLÊMICA

Médico Legista chamado de vagabundo pede demissão do cargo em Nova Andradina

16 Abr 2014 - 11h07Por Jornal da Nova

O Médico Legista, Dr. Omar Ferreira Miguel que atuava no IML (Instituto Médico Legal) de Nova Andradina, pediu demissão do cargo na manhã desta quarta-feira (16).

O pedido foi oficializado e entregue a coordenadora da URPI de Nova Andradina, Dra. Zuleica Monteiro Lopes.

Em suas justificativas, o médico disse que como único perito, há sobrecarga de trabalho; tem trabalhado ininterruptamente sem recebimento de honorários pertinentes a insalubridade e horas extras; em seu período de folga foi classificado como “servidor vagabundo” em claro e bom som do governador do Estado, André Puccinelli, onde sem conhecer os fatos levianamente classificou o médico como tal sem em nenhum momento promoveu retratação pública, tendo seu nome e reputação escrachado nos quatro cantos do Estado.

 

Em contato com Dr. Omar, o mesmo disse que a demissão não teria volta. “Ele [governador] não se retratou publicamente, agora esta feito”, frisou Dr. Omar.

 

Perguntado se ele ficaria na cidade atuando como médico do Hospital Regional, ele disse que ainda não sabe e que irá analisar se compensa ou não ficar em Nova Andradina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - COVID-19
Perto do colapso, região de Dourados tem 1 UTI para cada 50 mil pessoas
BRASIL - 173.229 MORTES
Casos e mortes por coronavírus no Brasil: 1° de dezembro, segundo consórcio de veículos de imprensa
100 LEITOS
Com 100% de leitos UTI Covid ocupados, Ponta Porã sofre risco de "improvisar atendimento"
AIDS
No Dia Mundial da Luta Contra a Aids, SES destaca importância da conscientização e prevenção
CORONAVÍRUS NO MS
Secretaria de Estado de Saúde articula ampliação de 60 leitos de UTIs em Mato Grosso do Sul
COVID-19 DISPAROU
Brasil precisa levar o aumento de casos de Covid-19 a sério, alerta OMS
QUASE 100 MIL
MS já soma 99.061 casos confirmados e tem 1.769 mortes por coronavírus
REFORÇO NO COMBATE A COVID-19
Governo de MS abre processo seletivo para 80 profissionais de saúde para o Hospital Regional
MS - 1.766 MORTES
Secretaria confirma mais 758 casos e 9 mortes por covid-19; internações mais que dobram
Com mais 123 exames positivos para coronavírus (Covid-19) nas ultimas 24 horas, FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
SINAL VERMELHO: Mais 20 casos são confirmados e 112 suspeitos nas últimas 24h em Fátima do Sul