Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 7 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
VÍTIMA DE COVID-19

Covid tira de cena um dos últimos montadores do carro brasileiro

Covid tira de cena um dos últimos montadores do carro brasileiro

10 Jul 2020 - 13h03Por ELIAS FERREIRA - LUPA NEWS

A terrível Covid 19 tirou de cena uma das poucas memórias em vida da fantástica história da indústria automobilística brasileira. Morreu no dia 27 de junho de 2020, em Campinas, Natanael Ramos da Silva, trabalhador da linha de montagem da Gurgel, o primeiro carro genuinamente brasileiro, que teve sua linha de produção na cidade de Rio Claro-SP.

Aos 82 anos de vida, Natanael tinha na mente toda a trajetória da indústria em que trabalhou. No último relato, feito no final de outubro do ano passado, ele descreveu o ideal de Antonio Augusto Amaral Gurgel – idealizador da marca – e seu sonho de colocar no mercado um carro para ser o orgulho da indústria brasileira. Abaixo, modelos da marca Gurgel, fábrica que ele tinha orgulho em ter trabalhado, em Rio Claro.

Natanael não foi apenas mais um trabalhador da Gurgel, mas também um amigo e companheiro de seu dono. Ele contou que chegou a ser dispensado da linha de produção em certa ocasião pelo encarregado do setor. No entanto, Gurgel ficou sabendo do fato e o procurou para que voltasse ao chão da fábrica e continuasse a construir o sonho do carro brasileiro.

Natanael contou que ajudou a construir um dos carros que foi exposto na época no Salão de Automóvel de São Paulo, que é uma espécie de espelho da indústria para o mercado consumidor. “Infelizmente, o governo brasileiro colocou uma pesada carga de impostos sobre o carro e sufocou o sonho de Antonio Gurgel e de todos nós, trabalhadores, que tínhamos orgulho em construir um produto  de nossa indústria brasileira”, comentou ele.

Taé para a família e amigos mais próximos, Natanael simbolizou a luta do trabalhador brasileiro por mais dignidade. Caçula de uma família de 10 irmãos, nasceu no interior de São Paulo e seguiu junto com seus pais para o Mato Grosso (hoje Mato Grosso do Sul), em busca de novas oportunidades de vida. Foi trabalhador rural por um bom período, mas decidiu terminar de criar seus filhos no Estado em que nasceu.

Junto com Nazaré – a esposa e eterna namorada por 56 anos – e o casal de filhos Oséas e Ozana, ele desembarcou em Rio Claro no final da década de 1970, onde trabalhou na Gurgel e se tornou amigo de seu idealizador. Com o fim do sonho do carro brasileiro, ele deixa a cidade e vai para Campinas, onde trabalha na Prefeitura da cidade até se aposentar.

A agressiva Covid 19 enterrou mais um trabalhador brasileiro. No caso de Natanael, além de tirar sua vida levou para o hospital o filho Oseas, seu companheiro de todas as horas. Quando seu pai partiu, o filho não pode se despedir porque estava travando a luta contra o vírus no leito hospitalar. Talvez uma intervenção caprichosa do destino em poupar o filho de enterrar aquele que sempre cuidou.

Este texto é, também, uma homenagem a Oséas, o filho amado que acaba de voltar para casa como vencedor da luta que travou contra o vírus, depois de 13 dias internado.

A memória de Natanael vai continuar viva, pois ele escreveu sua história baseada no amor, no trabalho e na fé.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - EMENDAS DA SENADORA
Entre construção do Corpo de Bombeiros e saúde, Simone já destinou R$ 1,8 milhão para Fátima do Sul
OBSESSÃO
Dono incendeia supermercado para acabar com o Coronavírus
VIDEO EMOCIONANTE
Paciente se emociona ao sair do hospital. Ele perdeu um filho de 32 anos para covid 19
COVID-19 EM CAMPO GRANDE
Governo volta a recomendar bloqueio parcial de atividades em Campo Grande
JATEÍ - TRABALHOS RETOMADOS
Reeducandas retomam trabalho de limpeza urbana com adoção de medidas preventivas em Jateí
COVID 19 EM BATAYPORÃ
Em um mês, Covid-19 já matou mais do que a Influenza em 12 anos no MS
RETORNO ÀS AULAS EM MS
MS discute estratégias de retorno às aulas presenciais de forma segura
ABSURDO
Denúncia diz que ambulâncias de Ribas estão sem combustível há dois dias
COVID 19 EM ANGÉLICA
ANGÉLICA: Delegado com covid 19 é transferido para o Albert Einstein em São Paulo