Menu
SADER_FULL
quarta, 15 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
100 ANUNCIOS

Covid-19: Bolsonaro ordenou atrasar boletins para não passar em telejornais

Após a decisão, que foi tomada nesta semana, as informações diárias sobre a pandemia passam a ser divulgadas às 22 horas

5 Jun 2020 - 13h33Por Correio Braziliense

A ordem para atrasar a divulgação de boletins epidemiológicos sobre a disseminação do novo coronavirus no país partiu direto do presidente da República, Jair Bolsonaro. De acordo com uma fonte no alto escalão do governo, a decisão é permanente e, a partir de agora, a divulgação será apenas às 22 horas.

A estratégia da Presidência é evitar que os dados estejam disponíveis no horário dos telejornais noturnos, período em que as televisões têm maior audiência, pois muitos dos brasileiros estão em casa. Mesmo sem anúncio oficial, a ordem foi dada para que os dados sejam enviados à imprensa apenas no final da noite, mesmo que estejam prontos às 19 horas.

A intenção de atrasar a divulgação dos dados existe desde a gestão do ex-ministro Luís Henrique Mandetta. No entanto, à época, o titular da pasta se recusou a acatar a ordem alegando que geraria forte impacto na resposta a pandemia.

A ordem já começou a valer nessa quinta-feira, quando o país voltou a bater recorde de mortes causadas pela doença. Com 1.473 óbitos contabilizados nas últimas 24 horas, mais de um por minuto e novo recorde diário, o país atingiu a marca de 34.021 vidas perdidas pela covid-19, tornando-se o terceiro em número de mortos. O Brasil registrou, ainda, mais 30.925 casos do novo coronavírus, totalizando 614.941 infectados.

Com Mandetta era às 17h

Na gestão Mandetta, uma coletiva de imprensa era realizada no Palácio do Planalto, todo os dias, às 17 horas. Além de responder a perguntas e dar um panorama da situação, Mandetta levava para o encontro sua equipe técnica.

Esses eventos estão cada vez mais escassos. Atualmente, o titular da pasta é o general Eduardo Pazuello, que não tem formação na área de saúde, nem mesmo experiência no setor. No entanto, ele não resiste as ordens e interferência do presidente, mesmo que contrarie especialistas e o próprio corpo técnico do ministério.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - CIA DO BICHO
Quando o assunto é a saúde e bem estar do seu pet, a Cia do Bicho tem, confira em Fátima do Sul
VITIMA DA COVID 19
Aluno elogiado pelos professores, Adalberto é a vítima 177 da Covid-19 no MS
RARIDADE
Menina de 17 anos já é mãe de 7 crianças e faz desabafo: “Todo dia é uma luta”
LAR DO IDOSO
Asilo de Campo Grande com morte por coronavírus tem mais 12 com sintomas e fará teste em massa
MS - 177 MORTES
Com jovem de 26 anos entre as vítimas, MS chega a 177 mortes por coronavírus
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
VOLTOU A SUBIR: Novos casos de covid-19 são registrados e vírus volta a preocupar em Fátima do Sul
COVID-19 EM TRÊS LAGOAS
Com 7 mortes e falta até de anestésicos, MPs emitem 3º alerta para colapso em Três Lagoas
CUMULO DO RIDÍCULO
Em vídeo, blogueira de MS dá risada ao pegar Covid e faz 'Merchan' de remédios
AUXILIO EMERGENCIAL
Liberados saques e transferências para aprovados no 3º lote
PREOCUPANTE
Hospital Regional tem seu dia mais letal da pandemia, com 6 mortes em 24 horas