Menu
SADER_FULL
sexta, 4 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
violência

Onda de ataques deixa 7 mortos e 22 feridos em Porto Velho - RO

23 Dez 2013 - 15h32Por Folha

Uma onda de ataques iniciada na quinta-feira (19) já deixou sete mortos e 22 feridos na capital de Rondônia, Porto Velho. A polícia não sabe ainda qual é a motivação dos ataques.

Entre os mortos estão um funcionário público, um universitário, um borracheiro e uma motorista. Cinco pessoas estão em estado grave.

Até a madrugada desta segunda-feira (23), foram registrados quatro ataques.

Em três ações, ocorridas em duas regiões da cidade, homens armados sobre motocicletas dispararam dezenas de tiros.

No último ataque, ocorrido por volta das 2h de hoje, criminosos que trafegavam em uma moto preta efetuaram vários disparos contra clientes de um bar na avenida Jatuarana, zona sul da cidade. Duas pessoas ficaram feridas e foram levadas para o pronto-socorro do Hospital João Paulo.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de Rondônia informou que reforçou o policiamento ostensivo em Porto Velho e iniciou as investigações para identificar os autores dos crimes, além de solicitar apoio aéreo da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e da Polícia Federal.

Homens da Força Nacional que estavam na região de conflito na Floresta Nacional de Bom Futuro, no interior de Rondônia, foram deslocados para a capital para reforçar a segurança. O número de policiais remanejados não foi informado.

MEDO

Nas ruas de Porto Velho, o clima de insegurança amedronta os moradores. Dono de uma padaria na avenida Jorge Teixeira, o comerciante Paulo Guimarães Lopes decidiu retardar em duas horas a abertura do estabelecimento após os ataques.

"Abria às 6h da manhã, quando ainda estava escuro, mas enquanto persistir essa violência só vou começar o expediente depois das 8h, mesmo sabendo que terei prejuízo nas vendas", disse.

OS ATAQUES

O primeiro ataque ocorreu no início da noite de quinta-feira (19), em um bar na zona leste de Porto Velho. Conforme testemunhas relataram à polícia, seis homens que estavam em três motocicletas chegaram atirando contra os clientes. Uma pessoa morreu na hora e seis ficaram feridas.

Em seguida, os criminosos se dirigiram a um ponto de ônibus e disparam contra um grupo que aguardava o coletivo, ferindo uma pessoa.

Vinte minutos depois, o mesmo grupo atacou outro bar, também na zona leste da cidade, onde oito pessoas foram atingidas.

Na madrugada de sexta-feira (20), o alvo foi um grupo de clientes que estava em um bar na zona sul. Motoqueiros se aproximaram e dispararam indiscriminadamente, ferindo quatro pessoas e matando outra.

Na mesma madrugada, os criminosos atacaram pessoas que estavam no campo do clube de futebol amador AFA, na região central. Duas pessoas foram atingidas pelos disparos. Uma mulher, grávida de sete meses, foi levada ao hospital, mas não resistiu.

No total, na sexta-feira (20), a Secretaria de Segurança confirmou a morte de cinco pessoas que foram encaminhadas ao pronto-socorro de Porto Velho, elevando para sete o número de mortos.

Em entrevista à Folha, o secretário adjunto de Segurança Pública de Rondônia, Antônio Carlos dos Reis, disse que a polícia ainda não sabe qual a motivação dos ataques, por isso todas as linhas de investigação estão sendo seguidas.

Segundo Reis, até a tarde de hoje ninguém foi preso. Ele disse que o serviço de inteligência da Polícia Civil do Estado deve apresentar resultados nas próximas horas.

"Temos várias linhas de investigação e uma delas poderá nos levar aos criminosos e à motivação. São informações que nosso pessoal está checando, e daremos a resposta que a sociedade exige", afirmou.

Em meio à onda de crimes, o secretário titular da pasta, Marcelo Bessa, saiu em recesso nesta segunda-feira. Antônio Carlos dos Reis também vai entrar em férias nesta semana. Na ausência de ambos, o caso será chefiado pelo delegado Lindomar Bezerra da Silva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Colisão entre camionete e saveiro deixa um morto em Caarapó
AÇÃO DA PMA
Arrendatários de fazenda são presos por crime ambiental e explorar trabalhadores em Nioaque
HOMICIDIO
Mãe de adolescente morta procurou bombeiros para defender genro após homicídio em Caarapó
HOMICIDIO
Mãe de adolescente morta procurou bombeiros para defender genro após homicídio em Caarapó
EXECUÇÃO
Homem é executado e duas pessoas ficam feridas com tiros em MS
ABSURDO
PMs flagram carro balançando e descobre casal transando na frente de criança
DOENÇA DO SÉCULO
Desespero na Madrugada: Avó encontra miss morta nos fundos de casa e 'tenta salvar vítima'
ASSASSINATO
Homem mata adolescente para defender enteado de 7 meses em Caarapó
ASSALTANTES
Dono de caminhão guincho finge desmaio para evitar ser morto e é atropelado por assaltantes em MS
VÍDEO
VÍDEO: Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em cidade de MS, Assista