Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 23 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
CRIME DE PISTOLAGEM

Jornalista assassinado gravou vídeo dizendo que não queria ser fuzilado

Ele foi morto com tiros de pistola 9mm enquanto jantava com a família

13 Fev 2020 - 09h00Por Topmidia news

O jornalista Léo Veras, assassinado a tiros na noite de ontem (11), em Ponta Porã, aparece em um vídeo onde fala que poderia ser executado.

Na gravação, Léo fala que um pistoleiro bate na porta quando quer matar alguém na fronteira e disse que só não queria ser atingido por muitos disparos de fuzil.

Ele foi executado por três pistoleiros encapuzados. O jornalista levou pelo menos 12 disparos de pistola 9mm, foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Léo jantava com a família no quintal de casa, quando teve o imóvel invadido por homens desconhecidos.  

Veja o vídeo: https://vimeo.com/391210878

Deixe seu Comentário

Leia Também

IPEZAL - POLÍCIA
Toyota RAV4 carregada com 850 quilos de maconha foi apreendida pelo DOF em Ipezal (MS)
CULTURAMA - ACUSADO PRESO
Após denúncia anônima, homem que matou namorada a marteladas é preso em Culturama
REVOLTANTE
Brincadeira que virou pesadelo: criança é espancada ao brincar de esconde-esconde
SUSTO - NOVA ANDRADINA
Após 'rampar' ponte quebrada, airbags foram acionados e motorista sai ileso, VEJA FOTOS
ACIDENTE DE TRANSITO
Ônibus com universitários bate em caminhão no anel viário
OPERAÇÃO CARNAVAL
evite voltar para casa a pé; DOF dá dicas de segurança
DOENÇA DO SÉCULO
Mulher sobe em torre de telefonia em Dourados e ameaça se jogar
ALAGAMENTO
Temporal em Campo Grande: carros arrastados, rotatória debaixo d’água e asfalto destruído
IN MEMORIAM
Amigos e familiares prestam homenagens a diarista atropelada por caminhão em MS
ABSURDO
Pai amarra e espanca filho de 7 anos por suposta 'birra' no dentista em MS