Menu
SADER_FULL
quarta, 5 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
ponta porã

Desempregado é flagrado com 120 quilos de maconha em veículo na BR 463

3 Out 2013 - 08h56Por Da Redação

Agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreenderam na tarde de ontem, na BR 463, região do Posto Capey, aproximadamente 120 quilos de maconha, que eram transportadas num Renault/Scenic, com placas de Sao Paulo-SP, dirigido por M.V., 41 anos, atualmente desempregado, morador em Ribeirão Preto, no interior paulista.

Na abordagem, o motorista mostrou-se bastante nervoso enquanto era fiscalizado, o que levantou a suspeita dos policiais.

Checados os documentos pessoais e do veículo, iniciou-se busca no interior do automóvel, quando foi localizada escondida em praticamente todos os compartimentos do carro a droga ilícita.

Questionado, ele disse que ganharia R$ 3 mil pelo transporte até Ribeirão Preto, e que pegou o carro em um posto de combustível na cidade de Ponta Porã.

O motorista foi preso e encaminhado juntamente com o entorpecente e o veículo para a Delegacia da Policia Federal local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS reforça estrutura das polícias para combater criminalidade
TRAGEDIA NA RODOVIA
Familia se despede de parentes mortos em acidente na BR-277
NA CASA DELE
Tio estupra criança de 4 anos e dá chocolate para ela não contar
FATIMA DO SUL - ROUBO
Polícia Militar recupera veículo Fiat Palio furtado e autor de furto é preso em Fátima do Sul
FORA DO HABITAT
Garotos tentam comprar ‘ração’ para jacarezinho, mas abandonam ‘pet’ selvagem em MS
ACIDENTE FATAL
Acidente deixa 9 feridos; 3 crianças estão entre as vítimas em MS
VIOLENCIA DOMESTICA
Esposa se nega a manter relações sexuais e acaba espancada e mantida em cárcere por 6 dias em MS
ACIDENTE TRÁGICO
Vitimas do acidente na BR 177 são identificadas: 3 são da mesma familia
ASSASSINATO
Mulher é encontrada morta e sem roupa; ex-marido é procurado
CORRUPÇÃO NA SAUDE
MP aponta 'vergonhosa fraude' e aciona prefeito a devolver R$ 4,136 milhões