Menu
SADER_FULL
segunda, 8 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
CONFIRA AS REGRAS

Quer levar seu animal de estimação em viagens de ônibus? Agems orienta sobre as regras

26 Dez 2021 - 12h05Por Bruna Aquino, Agems

Para quem pretende viajar de ônibus em Mato Grosso do Sul nessa época de festas e deseja levar junto o animal de estimação, é importante conhecer as regras sobre o transporte no sistema rodoviário intermunicipal. "O serviço, claro, é estruturado para a viagem de pessoas, mas em situações específicas, cumprindo os requisitos, é possível viajar com os pets", explica o diretor de Transportes da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (AGEMS), Matias Gonsales.

As regras vigentes são as que constam na Lei nº 5.055/2017.

Somente é permitido o transporte de cães e gatos, e com peso de até 10 quilos. Isso porque o animal deve ser levado na cabine do ônibus (nunca no bagageiro). O espaço destinado a malas e outros itens não oferece condições de salubridade e segurança, portanto, quando permitido, o animal viaja no mesmo espaço que os passageiros.

A autorização de embarque requer que o responsável cumpra uma série de obrigações, para não haver transtorno aos demais passageiros e garantir a segurança de todos.

Regras

É importante estar atento às obrigações antes da viagem, no embarque e durante o deslocamento. O animal precisa estar acondicionado em caixa de transporte apropriada e deve permanecer assim durante todo o tempo em que estiver na cabine do veículo.

  • Apresentar atestado de saúde firmado por médico veterinário, emitido no período de 15 dias antes da viagem.
  • Apresentar Carteira de vacinação atualizada, onde constem as vacinas antirrábica e polivalente.
  • Estar com plaqueta de identificação com o nome e o telefone do proprietário.
  • Estar devidamente higienizado.

A caixa de transporte com o animal deve estar em poltrona exclusiva, paga pelo proprietário, com tarifa normal da linha.

Em cada veículo, a limitação é de no máximo dois animais simultaneamente.

Importante

A empresa transportadora poderá recusar o embarque de animais visivelmente debilitados, feridos doentes ou em adiantado estado de gestação. E também poderá restringir o transporte de animais na cabine de passageiros aos horários de menor movimento, nos casos de picos na demanda.

O diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis, lembra que, nesse e em outros casos, é sempre necessário o passageiro se informar sobre o que pode ou não pode em uma viagem e, assim como a empresa, seguir as normas que garantem o bom atendimento. "Estamos nas estradas e nas rodoviárias constantemente fiscalizando o serviço. É importante que os passageiros conheçam seus direitos e também os seus deveres para garantir a qualidade do transporte, que é coletivo".

Em caso de dúvidas, o usuário pode entrar em contato com a Ouvidoria da AGEMS, no 0800 600 0506, no e-mail ouvidoria@agems.ms.gov.br; ou acessar o e-Ouvidoria no APP MS Digital.

Leia Também

FOTOS: DHIONE TITO / FÁTIMA NEWS CONFIRA AS FOTOS
Confira as FOTOS de sábado e domingo do Hotel e Restaurante Na Chácara em Indápolis
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Semana começa com 3.417 vagas de emprego em Mato Grosso do Sul
FOTO: ELIAS FERREIRA / LUPA NEWS VOLTA ÀS ARENAS
Locutor Sidney Correa vai voltar às arenas de rodeio depois de vencer a luta pela vida
SORTUDOS
Navirai e Mundo Novo levam a quina da Mega-Sena
FÁTIMA DO SUL - BAZAR DA ONG
Com peças a partir de R$ 1 real, Bazar da ONG acontece nesta sexta e sábado em Fátima do Sul
CONFUSÃO DE TORCIDAS
Briga entre torcida do Flamengo e Corinthians deixa feridos em Campo Grande; veja vídeos
SESSÃO DE CINEMA EM JATEI
Idosos de Jateí também tem acesso à Sétima Arte
CATÁLOGO DE PASSEIOS EM BONITO BONITO - MS - CATÁLOGO DE PASSEIOS
Solicite aqui e agora o seu catálogo de passeios em Bonito (MS)
TELENOVELA
Pantanal: Maria Bruaca vai tentar matar Tenório
LIÇÕES DA BIBLIA
A combinação divino-humana