Menu
BANNER IMPRESSORAS
quinta, 30 de junho de 2022
SADER_FULL
Busca
FEMINICÍDIO EM MS

FEMINICÍDIO EM MS: Mulher é assassinada com 06 facadas

22 Jun 2022 - 09h50Por Top Mídia News

Grazielly Karine Soares Alves de Lima, 28 anos, foi assassinada a facadas, na madrugada desta quarta-feira (22), na Rua Edu Rocha, no bairro Popular Nova, em Corumbá distante 426 quilômetros de Campo Grande. 

Conforme o registro policial, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas a vítima não apresentava sinais vitais.

Um amigo da família disse que recebeu uma ligação do marido da vítima, dizendo que acabou com a vida da mulher. 

Na casa, o amigo encontrou a vítima ensanguentada e acionou o Corpo de Bombeiros. 

A vítima tinha seis perfurações pelo corpo.  

A Polícia Militar isolou o local e acionou a Polícia Civil. 

Leia Também

FOTO: CHICO RIBEIRO AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo amplia vagas no concurso da PCMS e convoca aprovados para posse
Joilson Francelino, Seinfra AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado assina contrato para espaço múltiplo uso no Parque dos Poderes; veja como vai fica
Fotos: Chico Ribeiro AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado firma parceria com setor industrial para fortalecer a qualificação profissional
Fotos: Edemir Rodrigues AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo arca com R$ 1,2 milhão para estudantes da Rede Estadual mantém tarifa de ônibus congelada
Raquel dos Passos, SAD AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado nomeia 201 aprovados no concurso público da Secretaria de Saúde
FOTO: ASSESSORIA AÇÕES MARA CASEIRO
Mara Caseiro solicita patrolamento e cascalhamento de trecho da MS-489
FÁTIMA DO SUL - JORGE MERCADO
Confira as PROMOÇÕES Top 10 desta quarta e quinta do Jorge Mercado Atacarejo em Fátima do Sul
SITE LANCE COPA DO MUNDO 2022
Conheça os aplicativos mais populares para apostar na Copa do Mundo de 2022
Fotos: Chico Ribeiro AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo entrega veículo para transportar famílias atendidas pelo Cotolengo e doa casacos
Fotos: Edemir Rodrigues AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo arca com passe da Rede Estadual de Ensino, mas quer tarifa congelada