Menu
BANNER IMPRESSORAS
segunda, 4 de julho de 2022
SADER_FULL
Busca
TRAGÉDIA NA FAMILIA

Enfermeira chega para trabalhar e encontra filho de 20 anos morto por acidente de trânsito

Um dia comum de trabalho se transformou em uma tragédia para a enfermeira Beatriz Torres.

20 Jun 2022 - 08h22Por G1

Sem saber, a funcionária foi até o setor para onde os corpos sem identificação são encaminhados e encontrou o filho de 20 anos.

Um dia comum de trabalho se transformou em uma tragédia para a enfermeira Beatriz Torres. Ao chegar para trabalhar no Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com o Brasil, a funcionária encontrou o filho, Nelson Alex Figueiredo, de 20 anos, morto.

De acordo com a Polícia Nacional do Paraguai, o jovem morreu após sofrer um acidente de trânsito, na sexta-feira (17), na cidade vizinha a Ponta Porã (MS). Ele foi encaminhado para o setor de corpos sem identificação no Hospital Regional, onde foi encontrado, sem querer, pela própria mãe.

A enfermeira foi até o espaço para procedimentos padrões de sepultamento. Ao avistar o filho morto, a ela precisou ser socorrida pelos próprios colegas. De acordo com o apurado, a mulher não sabia que o filho havia sofrido um acidente.

Leia Também

Mulher é socorrida seminua, suja e ensaguentada após assalto no MS
PERITOS POLICIA CIVIL
Novos peritos da Polícia Civil tomam posse nesta segunda-feira (4)
ACIDENTE FATAL
Tragédia: 05 pessoas da mesma família perdem a vida em grave acidente
ASSASSINATO
Jovem é morto a facadas em fazenda de MS
LUTO NA MÚSICA
Eduardo, dupla de Henrique, morre em acidente de carro em MS
INIMIGO INTIMO
Homem é preso após estuprar enteada desde os 6 anos em cidade do MS
CORPO IDENTIFICADO
Corpo encontrado em carro carbonizado é de professora de 45 anos
Daniel Pinheiro CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR
Governo autoriza concurso para Polícia Militar e Bombeiros
Fotos: Divulgação AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em dia de comemoração, Bioparque Pantanal e Corpo de Bombeiros celebram parcerias
Keila Oliveira, Agepen AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com 100% dos internos ocupados, sobram vagas em convênios de trabalho na Colônia Penal Três Lagoas