Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
AÇÕES DO GOVERNO DE MS

Reinaldo Azambuja anuncia isenção do ICMS da tarifa social e beneficia 142 mil famílias

Reinaldo Azambuja anuncia isenção do ICMS da tarifa social e beneficia 142 mil famílias

10 Abr 2020 - 10h56Por Paulo Fernandes - SubCom

Beneficiando 571 mil pessoas de baixa renda (142.870 famílias) em Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja decidiu isentar o ICMS sobre a tarifa de energia elétrica por três meses. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços é a maior fonte de arrecadação do governo estadual. Prefeitos também vão abrir mão da Cosip (Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública).

A decisão, que vale para a população carente, vai ao encontro da medida provisória do presidente Jair Bolsonaro, que isentou a população com consumo mensal de energia elétrica inferior ou igual a 220 quilowatts-hora (kWh) de pagar os impostos federais da conta de luz, no período de 1º de abril a 30 de junho deste ano. O impacto nos cofres públicos de Mato Grosso do Sul será entre R$ 4 milhões e R$ 5 milhões por mês.

O governador explicou que é mais uma deliberação para ajudar diretamente a população carente de Mato Grosso do Sul durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). “Estamos atendendo as pessoas que mais necessitam durante esse período em que todos estão tendo prejuízo: dona de casa, empresário, comerciante e governos. Aumentamos o Vale Renda, determinamos a suspensão por 90 dias da cobrança da água, proibimos para todos os clientes da Sanesul o corte do fornecimento, teve a proibição do corte da energia, que foi uma decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) atendendo um pedido nosso, dos governadores, e agora estamos abrindo mão também do imposto sobre a conta de luz para a população carente”, explicou. 


Caravina disse que Assomasul é parceira nas ações que atendem a população no período da pandemia

Cosip

Após conversa com o governador Reinaldo Azambuja na manhã desta Sexta-feira da Paixão (10.4), o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina, confirmou que os prefeitos também deverão abrir mão da Cosip (Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública). “Já falei com a Energisa, com o pessoal operacional e com a diretoria. Nós vamos isentar todo mundo. A imensa maioria dos prefeitos concorda”, disse Caravina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Samu abre processo seletivo para a contratação de enfermeiros e técnicos de enfermagem plantonistas
VICENTINA - 48H SEM CASOS
Vicentina entra nas 48h sem registrar casos de Covid-19 e já conta com 16 pacientes recuperados
VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CORONAVÍRUS NO MS
Saúde testa 60 e confirma mais dois casos de coronavírus na Câmara
FÁTIMA DO SUL - ELEIÇÕES MUNICIPAIS
Dirceu Deguti assume pré-candidatura à Prefeitura de Fátima do Sul
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
ÓTIMO TRABALHO NA SAÚDE DE MS
Geraldo Resende fica no governo e não irá disputar a prefeitura de Dourados
CORONAVIRUS NO MS
Curva cresce com mais de 5 confirmações por hora e quase 2 mil infectados em MS
FÁTIMA DO SUL - ASSISTA - CURADO COVID-19
ASSISTA: Curado de Covid-19 recebe corrente de palmas e sorrisos no Hospital SIAS em Fátima do Sul
ABUSO SEXUAL
Fotógrafo investigado na Deam fazia "ensaios sensuais" com adolescentes em MS