Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 29 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
FATALIDADE

Em MS, Mulher morre ao levar uma picada de abelha em fazenda

Em MS, Mulher morre ao levar uma picada de abelha em fazenda

19 Set 2019 - 17h33Por Edição MS

Um mulher de 48 anos morreu no final da manhã desta quinta-feira (19) ao tomar uma picada de abelha. Gloria de Souza estava em casa, numa fazenda a aproximadamente 70 quilometros de Coxim, quando foi picada na coxa.

Apesar de ser alérgica e ter a medicação em casa, a vítima não ingeriu o remédio na hora, alegando que não estava passando mal. Porém, de repente Glória começou a passar mal, tentou tomar o remédio, mas, já não conseguiu engolir.

O marido da vítima disse que em seguida ela apagou. Ele a colocou numa camionete e trouxe em direção ao socorro. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) encontrou com a vítima na região do ribeirão, mas ela já estava sem vida.

O corpo foi trazido para o IML (Instituto Médico Legal) de Coxim.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ULTIMO PRAZO
Apenas 36 municípios se habilitaram para receber o ICMS Ecológico e prazo termina no domingo
VICENTINA - TESTE COVID-19
Saúde e técnicos da JBS realizam testes de Covid-19 em todos os funcionários residentes em Vicentina
VICENTINA - DESAPARECIDO HÁ 73 DIAS
Desaparecido há 73 dias, família não perdeu a esperança de encontrar seu Manoel em Vicentina
# FIQUE EM CASA
Com 3ª maior taxa de contaminação, MS já tem 1.262 casos de coronavírus e 65 internados
ALERTA REGIÃO DE DOURADOS
MS pode perder controle sobre coronavírus e entrar em colapso em junho, alerta Saúde
AÇÃO PARLAMENTAR
Governo atende pleito de Onevan e prorroga entrega da Declaração do Proacap
CORONAVIRUS NO MS
Governo faz testes em massa de coronavírus em regiões com surto de Covid-19
FÁTIMA DO SUL - COVID-19 - BOLETIM
Fátima do Sul já tem 04 recuperados de Covid-19 e não registra novos nas últimas 24h, veja o BOLETIM
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura em MS abre seleção para psicólogos com salário de R$ 4,3 mil
AUXILIO EMERGENCIAL
A 2ª parcela do auxílio de R$ 600 foi cancelada? Saiba como resolver o problema