Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 26 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
LUTO - BATAYPORÃ

Covid-19 tira vida da ex-primeira dama de Batayporã

Prefeitura de Batayporã decreta luto oficial de três dias após falecimento de ex-primeira dama

17 Fev 2021 - 08h58Por Nova News

A Prefeitura Municipal de Batayporã decretou luto oficial de três dias e manifestou condolências à família e aos amigos de Maria Suely Pereira de Souza, esposa do ex-prefeito Jercé Eusébio de Souza, que faleceu nesta terça-feira (16).

Desde o último dia 15 de janeiro, Maria Suely foi notificada como positivo para Covid-19. A mesma chegou a passar por internação no Hospital Regional Francisco Dantas Maniçoba, em Nova Andradina, e foi transferida para continuidade do tratamento em Campo Grande, onde veio a óbito.

Cb image default

Imagem: Divulgação

aria Suely era professora e completaria 66 anos em 17 de agosto. Sua trajetória é constituída por uma atuação proeminente para o desenvolvimento do município de Batayporã junto à sua família.

Maria Suely teve papel fundamental no desempenho de políticas públicas na área social, com o trabalho em prol de idosos, jovens e crianças, quando atuou na Secretaria Municipal de Assistência Social, além de contínua colaboração em projetos e entidades filantrópicas em seu período como primeira-dama, entre 1988 e 1992 e 2001 e 2008. Dona Suely, como era conhecida, deixa esposo, três filhos e três netos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Mineradora anuncia projeto de R$ 40 milhões para extração de basalto em Inocência
TOQUE DE RECOLHER
Governo prorroga toque de recolher e restrições seguem até 12 de março
AÇÕES DO GOVERNO MS
Parceria vai levar assist. documentação e benef. para 8 comunidades ribeirinhas na região pantaneira
CASA PRÓPRIA
Atualização de dados cadastrais para sorteio de 150 apartamento encerra na próxima segunda-feira
VOLTA ÀS AULAS NO MS
VOLTA ÀS AULAS: Governo de MS decide pela retomada das atividades da Rede Estadual de forma remota
PROCON NOS POSTOS
Procon cobra explicações pelo aumento repentino do etanol em MS
PREÇO ELEVADO
Procon Estadual dá 10 dias para sindicato explicar aumento do etanol
MS - 3.270 MORTES
Após correção nos sistemas oficiais, MS passa a registrar 3.270 óbitos por coronavírus
AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha pede que Estado faça campanhas para prevenir aumento de queimados pelo uso de alcool gel
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS congela pauta fiscal da gasolina e garante economia ao consumidor