Menu
SADER_FULL
terça, 3 de agosto de 2021
SADER_FULL
Busca
racismo no futebol

No Sul, Aranha protesta: 'Não entenderam o que aconteceu comigo'

19 Set 2014 - 07h41Por LanceNET!

Como há três semanas, o resultado da partida entre Grêmio e Santos passou despercebido na Arena do Grêmio. Alvo de ofensas racistas no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil (vencido pelo Peixe por 2 a 0), Aranha voltou a ser hostilizado nesta quinta-feira, quando as equipes empataram sem gols pelo Brasileirão. Abatido por conta das vaias, mesmo sem registro de racismo, o goleiro do Santos disse que esperava um tratamento diferente no Sul e foi forte no discurso dirigido à torcida gremista.

- Cobraram perdão de mim, mas perdoar um pessoal que não entendeu o que aconteceu ou que concorda, não tem perdão. Não entenderam o que aconteceu comigo! Muita gente morreu, muita gente sofreu para os direitos iguais prevalecerem hoje em dia. E mesmo assim muita gente acha errado as punições feitas e as decisões tomadas tentando coibir esse tipo de coisa. Mas paciência, né? Vim aqui fazer meu trabalho - disse Aranha, demonstrando emoção após a partida na Arena do Grêmio.

O Grêmio foi excluído da Copa do Brasil por conta dos atos racistas de parte de sua torcida. Nesta quinta-feira, outros tantos torcedores vaiaram e arremessaram pipoca no gramado durante o aquecimento de Aranha e hostilizaram o goleiro a cada toque na bola. Encerrada a partida, o camisa 1 do Peixe disse sentir tristeza e já pensou até mesmo no dia em que retornar à Arena do Grêmio para uma partida, o que não deve ocorrer mais em 2014.

- Vou voltar outras vezes aqui com tristeza. Por tudo o que aconteceu esperava ser recebido de outra maneira, acreditava que a maioria dos gremistas tinha repudiado. Mas pelo que vi eles concordam, acham bonito - afirmou Aranha, que ainda teve desentendimento com uma repórter que questionou sua irritação com as vaias desta quinta-feira:

- A única coisa que eu fiz foi relatar para o árbitro, e isso está na lei. A punição serve para ensinar. Eu não ligo para vaias e manifestações de torcedores, desde que seja no esporte. Todo mundo sabe que a vaia foi diferente. Ou não foi? Ou você concorda com o que aconteceu no outro jogo? - perguntou Aranha, antes de sair andando.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEDALHA DE OURO
Medalha de ouro, Rebeca Andrade adotou varanda de apê como cenário para ensaios, dancinha e festas
OLIMPÍADA
Tóquio: após ouro e prata, Rebeca Andrade fica em 5º lugar no solo
Etapa do campeonato foi realizada nos Estados Unidos. (Foto: Divulgação/PBR Bull - PEÃO DE RODEIO DO MS
Peão de MS bate recorde com maior nota da história de mundial de rodeio
OLIMPÍADA
Rebeca é prata e faz história na ginástica olímpica em Tóquio
JOGOS DE AZAR
Estereótipos sobre jogos de azar
FATIMASSULENSE NO PÓDIO FATIMASSULENSE NO PÓDIO
Fatimassulense é 1º Lugar na prova Estadual de contra relógio de ciclismo
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
Como se apresenta a mesa dos vencedores da Copa América após a recente vitória da Argentina?
JOGOS ONLINE
O casino online quando quiser e pelo tempo que quiser
ESPORTE
Bolsista do Governo de MS representa o Brasil nas Olímpiadas de Tóquio