Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 24 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
tapetão

Fla 'compra briga' da Lusa no STJD e vê novo embate com Flu nos bastidores

16 Dez 2013 - 09h10Por Uol

Flamengo e Fluminense ganharam notoriedade em 2013 pelos embates fora das quatro linhas. Com a rivalidade acirrada, os clubes terão nova briga nesse sentido. O Rubro-negro 'comprou o barulho' da Portuguesa, que poderá ser rebaixada no lugar do Fluminense caso o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decida puni-la com a perda de quatro pontos, como prevê o regulamento pela escalação do meia Heverton, que deveria ter cumprido suspensão contra o Grêmio, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

O novo confronto amplia ainda mais a lista de polêmica entre Flamengo e Fluminense, que estarão presentes e com direito à voz ativa no julgamento da Portuguesa. Os dois clubes pedirão para participarem do processo como terceiras partes interessadas no resultado da discussão marcada para as 17h desta segunda-feira no STJD. 

O Flamengo está agindo nos bastidores para que o Fluminense não obtenha êxito nos tribunais e, consequentemente, seja rebaixado em 2014. Tanto que sugeriu que seu advogado Michel Assef Filho assumisse o caso e defendesse a Portuguesa, que recusou. Nos bastidores, o rubro-negro admite até ser punido no caso André Santos, mas não aceita que a Lusa seja rebaixada no lugar do tricolor carioca.

"Meu sentimento é de indignação. Estávamos em uma tentativa de moralizar o esporte e, de repente, vemos uma tentativa de golpe contra os princípios éticos e morais que deveriam reger o esporte", disse o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello. "Não podemos aceitar que outros interesses superem os esportivos. Isso é muito errado. Cadê a moralidade? Não podemos aceitar que se mude o resultado do campo", completou.

O Fluminense, por sua vez, se defende das acusações de estar promovendo novo 'tapetão'. Por outro lado, o clube evita entrar em novo combate público com o Flamengo e prefere não comentar o assunto. Mesmo assim, o presidente Peter Siemsen diz que o tricolor está amparado pelas regras e por isso quer que a justiça seja feita.

"Prefiro não comentar casos de clubes com os quais eu não estou envolvido", limitou-se a dizer, para depois eximir o Fluminense de qualquer culpa. "Existe uma regra. Você quer transgredi-la? É a pergunta que faço. Você descumpre uma regra no trânsito, vem alguém e quer um suborno para resolver. Você vai aceitar aquilo para descumprir a regra? Gente, vamos acabar com a hipocrisia. Vamos cumprir as regras, a lei", afirmou em coletiva.

O caso, no entanto, é apenas mais uma das brigas entre Flamengo e Fluminense nos bastidores. Em junho, o tricolor acusou o rubro-negro de ter tratamento diferenciado em seus processos na Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, onde os clubes tentavam refinanciar suas dívidas e diminuir o sofrimento com as penhoras.

Em seguida, os dois voltaram a medir força fora de campo já que fecharam contratos diferentes com o Maracanã. Dirigentes de Flamengo e Fluminense trocaram farpas via imprensa e esquentaram o clima nos bastidores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
FATIMA DO SUL EM DESTAQUE
Atleta Junior Prego de Fátima do Sul é contratado pela Portuguesa de São Paulo
JOGOS ONLINE
Caça-níqueis temáticos ajudam a celebrar Carnaval
AÇÕES DO GOVERNO MS
Programa Bolsa Atleta e Bolsa Técnico contempla neste ano 265 profissionais; inscrições já estã
Os jogadores dentro da loteria fazendo as apostas. (Foto: Henrique Kawaminami) SORTUDO DE MS
Apostador de MS acerta quina e fatura R$ 42.795,90 na Mega Sena
JOGOS ONLINE
Como fazer apostas esportivas
SPORTINGBET
Como criar conta na Sportingbet
MUNDIAL DE CLUBES
Palmeiras falha final do Mundial de Clubes
JOGOS ONLINE
Casino com bônus
JOGOS ONLINE
O que está acontecendo com o bingo online?