Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de julho de 2021
Busca
guardanado economias

Menino de 10 anos guarda dinheiro e consegue comprar primeiro carro

28 Ago 2014 - 18h05Por G1

Um menino de 10 anos, que mora em Assis Chateaubriand, na região oeste do Paraná, conseguiu guardar todas as economias e realizar o sonho de comprar o primeiro carro – um Fusca ano 1976, que custou R$ 2,5 mil. Para conseguir juntar o valor, Thiago Morales Berce conta que precisou economizar todo o dinheiro que ganhava do pai e dos parantes durante três anos. “Quando o meu pai tinha 13 anos comprou o primeiro Fusca dele. E eu sempre gostei de Fusca e falava para ele que também queria o meu, então ele falou assim: 'Se você juntar dinheiro, você vai conseguir comprar'. E eu comecei a poupar desde os meus sete anos”, explica o garoto. Como ele ainda não tem idade para dirigir, é o pai que vai cuidar do carro, pelo menos até Thiago completar 18 anos. "Eu e o meu pai vamos usar ele para ir pescar", conta Thiago.

O pai, Valdir de Souza Berce, é empresário na cidade e diz que sempre incentivou o filho a economizar. “A gente sempre ensinou ele e a irmã que a gente só tem as coisas quando trabalha e guarda dinheiro. Faz parte da educação deles”, diz.

Agora Thiago vai guardar dinheiro para melhorar o carro (Foto: Kelly Cristina/ Potal Assis)Agora Thiago vai guardar dinheiro para melhorar o
carro (Foto: Kelly Cristina/ Potal Assis)

Valdir também contou que abriu uma conta poupança no banco para que o filho guardasse o dinheiro. “Sempre que meu pai saía da loja, sobravam moedas no bolso ele me dava, meus primos, primas, todo mundo me ajudou. Minha avó me dava notas de R$ 10 ou R$ 20 e falava ‘compra o que você quiser’, mas eu colocava tudo no banco”, lembra o menino.

Quando o pai descobriu que o valor economizado já era suficiente para comprar o Fusca, decidiu fazer uma surpresa. "Meu pai pegou o dinheiro quando eu estava na escola e comprou o Fusca. Quando cheguei ele falou ‘olha que fusca bonito do outro lado da rua, vamos lá ver?’ Quando chegamos perto ele me entregou a chave e disse que era meu. Fiquei muito feliz”, recorda o menino.

  •  
A gente sempre ensinou ele e a irmã que a gente só tem as coisas quando trabalha e guarda dinheiro. Faz parte da educação deles"
Valdir de Souza Bercer

"Para nós, conseguir juntar o dinheiro para o Fusca, não era um coisa tão visada porque a gente já sabia que era o sonho dele, mas a reação dele quando viu o carro, foi muito legal. Ele realmente se espelhou no pai", conta a mãe Andréia Morales Berce.

A primeira volta com o carro novo foi para mostrar para a família toda, que o ajudou na conquista. “Fomos à casa da minha avó, minha mãe ficou tão feliz que nem foi para a academia, fomos todos juntos mostrar o fusca”.

Motorista particular
“Eu vou ser o motorista dele. Ele está bem consciente de que tem ainda oito anos pela frente para poder fazer a carteira de motorista e dirigir”, explica o pai.

Thiago diz que vai continuar a guardar dinheiro e faz planos. “Vou continuar juntando porque agora eu quero fazer um jipe de trilha com o Fusca”, planeja. Para a mãe, o filho se tornou um exemplo. "Até a gente começa a se cuidar e a economizar um pouquinho mais", diz Andréia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo fará reforma geral da Escola Inácio Silvestre Monteiro, na área rural de Caracol
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
SURPRESA
Servidor público vai buscar informação e é surpreendido ao ser aposentado em uma hora em MS
MS FORTE
Azambuja afirma que MS será um dos primeiros estados a retomar atividades econômicas
MICROCRÉDITO
MS Contrata + abre pré-cadastro para programa de Microcrédito com juro zero
TERMELÉTRICAS
Agepan fiscaliza duas usinas termelétricas em campanha para garantir disponibilidade de energia
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
OPORTUNIDADE
Caixa abre 10 mil vagas de emprego; veja como concorrer
VIRALIZOU
Promoção em loja dá o que falar na web: "Baixamos as calças, estamos quase dando"
Economia
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas