Menu
SADER_FULL
terça, 2 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
DOURADINA - OPERAÇÃO POLICIAL

Nove pessoas presas durante a operação do Gaeco em Douradina foram transferidas para Dourados

21 Nov 2013 - 16h55Por TV MS Record

Foram transferidas para Dourados, as nove pessoas presas durante a operação do Gaeco Pactum Sceleris que investiga indícios de desvio de dinheiro público, no município de Douradina. O Ministério Público analisa documentos para calcular o quanto pode ter sido movimentado, através de esquemas fraudulentos de direcionamento de contratos e superfaturamento de obras.

As três celas do 1º Distrito Policial De Dourados estão lotadas, por causa da transferência dos presos. A opreção foi desencadeada nesta quarta-feira pelo Gaeco em Douradina. Entre os que passaram a noite na cadeia estão o secretario municipal de saúde e o ex-chefe do departamento de licitações. Todos os mandados de prisão foram cumpridos. Sete preventivas, por tempo indeterminado.  E duas temporárias, por cinco dias.

A partir de agora as investigações serão conduzidas pelo Ministério Público em Dourados. Ontem mesmo os promotores ouviram todos os suspeitos e hoje devem colher novos depoimentos. O Gaeco também vai analisar os documentos apreendidos na prefeitura de Douradina, são mais de cem. Entre eles estão notas fiscais que podem comprovar o quanto foi desviado dos cofres públicos.

As investigações apontam que vários esquemas fraudulentos funcionavam na prefeitura de douradinha há pelo menos três administrações. Os principais envolveriam as secretarias de saúde e de obras.

“Em decorrência disso foram instauradas 11 inquéritos civis com procedimento de investigação crimial em que foi solicitado o apoio do Gaeco, nesse período de investigação que já dura quatro meses, confirmaram muitas denuncias de desvio de dinheiro de obras publicas  e práticas irregulares na aquisição de medicamentos”, diz a promotora, Claudia Almirão.

Além das prisões, 16 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em casas, inclusive do prefeito da cidade. Quatro pessoas de Dourados e Ponta Porã também foram encaminhadas para prestar esclarecimentos.

Por telefone o vice-prefeito da cidade, José Ailton de Souza Nunes, disse que o prefeito está em Campo Grande. E que só vai saber quais providências serão tomadas quando o administrador municipal voltar.

A produção do MS Record tentou entrar em contato com  o prefeito Darcy Freire, mas não teve retorno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

APROVADO NA ALEMS
APROVADO: 'Fura-filas' da vacina podem ser multados em mais de R$ 90 mil em MS
Governador de MS, Reinaldo Azambuja, em entrevista coletiva esta manhã (Foto: Paulo Francis) CORONAVÍRUS EM MS
Reinaldo critica "politização da pandemia" e diz que "idiota" espalha fake news
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Para atender região de fronteira, governo assina contrato para obra de R$ 45 milhões na MS-270
ALERTA DEFESA CIVIL
DEFESA CIVIL emite alerta de chuvas intensas e pede para população evitar áreas alagadas
BORA TRABALHAR
BORA TRABALHAR: Funtrab começa mês com 1.066 vagas em 26 cidades de MS
RESUMO DAS NOVELAS
Resumo das Novelas: Confira o que vai acontecer no capítulo desta segunda-feira
SISTEMA DE IRRIGAÇÃO EM MS
Jateí na lista, Agricultores de 08 cidades tiveram financiamento aprovado para sistema de irrigação
PLANTÃO FÁTIMA NEWS DEU RUIM
DEU RUIM: Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com novo cronograma, complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas