Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 2 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
ALERTA EM MS

Com lagarta em 4 municípios, ministério decreta emergência em MS

19 Dez 2013 - 13h49Por Campo Grande News

O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) declarou estado de emergência fitossanitária em Mato Grosso do Sul devido ao risco de surto da praga Helicoverpa armigera. A lagarta é ameaça à soja, um dos principais componentes da economia do Estado. O decreto permite a importação de agrotóxico ainda sem registro no País.

A portaria 1.260, publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União, tem validade de um ano. O documento é assinado pelo ministro Antônio Andrade.

O pedido da Seprotur (Secretaria do Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo) ao Ministério da Agricultura foi feito no dia 2 de dezembro, após a confirmação da lagarta em três municípios: Naviraí, São Gabriel do Oeste e Chapadão do Sul. Agora, a praga foi identificada em Maracaju. “Mas está absolutamente controlado. Estamos monitorando e não há motivos para alardes”, afirma a secretária Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.

Segundo o pesquisador da Fundação Chapadão, Germison Tomquelski, o potencial de destruição é grande. “Pode chegar a 100%”, afirmou, em entrevista no começo de dezembro. Ele salienta que a lagarta é uma praga diferente. “Tem uma alta taxa reprodutiva, ataca diversas culturas e ela apresenta uma tolerância maior aos inseticidas do que as outras pragas, é mais resistente”, explica o pesquisador sobre o novo “inimigo” dos produtores.

O Mapa já decretou emergência fitossanitária na Bahia, Mato Grosso, Goiás, parte de Minas Gerais e Piuaí. O documento permite o uso de agrotóxico que ainda não tem registro. Dentre as medidas de combate, estão o vazio sanitário, adoção de áreas de refúgio e a destruição de restos da cultura.

A importação de produtos agrotóxicos, que tenham como ingrediente ativo a substância Benzoato de Emamectina, também está autorizada. As propriedades que utilizarem a substância serão acompanhadas por fiscalização.

Deixe seu Comentário

Leia Também

APROVADO NA ALEMS
APROVADO: 'Fura-filas' da vacina podem ser multados em mais de R$ 90 mil em MS
Governador de MS, Reinaldo Azambuja, em entrevista coletiva esta manhã (Foto: Paulo Francis) CORONAVÍRUS EM MS
Reinaldo critica "politização da pandemia" e diz que "idiota" espalha fake news
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Para atender região de fronteira, governo assina contrato para obra de R$ 45 milhões na MS-270
ALERTA DEFESA CIVIL
DEFESA CIVIL emite alerta de chuvas intensas e pede para população evitar áreas alagadas
BORA TRABALHAR
BORA TRABALHAR: Funtrab começa mês com 1.066 vagas em 26 cidades de MS
RESUMO DAS NOVELAS
Resumo das Novelas: Confira o que vai acontecer no capítulo desta segunda-feira
SISTEMA DE IRRIGAÇÃO EM MS
Jateí na lista, Agricultores de 08 cidades tiveram financiamento aprovado para sistema de irrigação
PLANTÃO FÁTIMA NEWS DEU RUIM
DEU RUIM: Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com novo cronograma, complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas