Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 27 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
MATO GROSSO DO SUL

Volume de exportações de produtos industrializados cresce 176% em MS

24 Mai 2010 - 14h50Por Fátima News com Assessoria

O volume de exportações de produtos industrializados de Mato Grosso do Sul de janeiro a abril deste ano com relação ao mesmo período do ano passado cresceram 176%, saltando de 1,9 milhão de toneladas para 706,9 mil toneladas, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Já na comparação de abril deste ano com abril de 2009, o volume dobrou, aumentando de 219,4 mil toneladas para 438,5 mil toneladas.

 

 

Quanto à receita, as vendas externas de industrializados no mês de abri alcançaram US$ 134,5 milhões, o que representa crescimento nominal de 70,6% sobre igual mês de 2009, quando o valor foi de US$ 78,8 milhões. Já no acumulado do ano, as receitas obtidas alcançaram US$ 473,6 milhões, contra US$ 279 milhões em igual intervalo de 2009, crescimento nominal de 69,7%.

 

 

Em receita, igualmente aos meses anteriores, abril de 2010 mantém o mesmo comportamento, e também se consolida como o melhor resultado já obtido para o mês em toda a série histórica da exportação de industrializados em Mato Grosso do Sul. Adicionalmente, o resultado observado em abril, garantiu a terceira maior receita mensal de exportação de industrializados dos últimos 12 meses, ficando atrás somente de junho de 2009 e março de 2010, com valores de US$ 138 e US$ 150 milhões, respectivamente.

 

 

Com relação à participação relativa, no mês de abri as vendas externas de industrializados atingiram a marca de 51% de tudo o que foi exportado por Mato Grosso do Sul em relação à igual mês de 2009, ou sej, um resultado maior em 5 pontos percentuais. Já no acumulado do ano, na mesma comparação, constata-se que a participação passa a ser de 68,1%, indicando, deste modo, um crescimento de 8,8 pontos percentuais sobre o resultado obtido em igual período do ano anterior.

 

 

Desempenho geral

 

 

No ano, igualmente ao último levantamento, 11 dos 13 principais grupos de produtos industrializados exportados por Mato Grosso do Sul apresentaram crescimento em suas receitas, quando comparados com correspondente período do ano anterior. Os grupos “Carnes e Miudezas/Cortes, Peças e Carcaças – Complexo Frigorífico”, “Papel e Celulose, embalagens de papel ou papelão e demais artefatos de papel”, “Extrativo Mineral - Minerais Metálicos”, “Açúcar e Álcool”, “Couros e Peles”, “Alimentos e Bebidas”, Óleos vegetais bruto e refinado”, “Compensados de madeira, móveis de madeira e madeiras trabalhadas”, “Calçados e suas partes”, “Fiação, Têxtil, Confecção e Vestuário” e “Demais Produtos Semi-manufaturados ou Manufaturados”, registraram importantes evoluções em suas vendas externas.

 

 

O grupo “Carnes e Miudezas/Cortes, Peças e Carcaças – Complexo Frigorífico” apresentou um desempenho crescente sustentado, sobretudo, pela elevação ocorrida nas vendas de pedaços e miudezas congelados de galos e galinhas e carnes desossadas e congeladas de bovinos, que proporcionaram uma expansão, em receita, no comparativo com igual período de 2009, equivalente a 42,2% e 25,7%, respectivamente. Em valores, o ganho adicional somado, decorrente das expansões observadas foi da ordem de US$ 42,4 milhões, crescimento de 20% sobre o saldo observado no último levantamento.

 

 

No caso do grupo “Papel e celulose, embalagens de papel ou papelão e demais artefatos de papel” o destaque, naturalmente, continua por conta da pasta química de madeira semibranqueda (celulose) que foi incorporada à pauta de industrializados no final do primeiro quadrimestre do ano passado e que registrou, somente em 2010, uma receita de exportação equivalente a US$ 70,4 milhões ou 94% da receita total do grupo. Outro importante produto é o papel fibra 150g/m² que começou a ganhar destaque no final de 2009, e que neste ano até o mês de abril alcançou a marca de US$ 3,5 milhões ou 4,6% do total.

 

 

Já no grupo “Extrativo Mineral – Minerais Metálicos”, o valor alcançado, no ano, equivale a US$ 62,3 milhões. Reflexo, em maior medida, da retomada das exportações de Minérios de ferro em bruto, condição que vem se fortalecendo nos últimos meses, tanto que somente em abril as vendas do produto foram da ordem de US$ 12,1 milhões, totalizando, no ano, US$ 55,2 milhões ou 89% da receita total do grupo. Resultando num volume 3,7 vezes maior que o obtido em igual período do ano passado, com uma receita, na mesma comparação, superior em 2,2 vezes.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio
ASSALTANTES
Apresentador da Record sequestrado é achado em RR teve braços quebrados e amarrados
BRASIL - 157.397 MORTES
Brasil tem mais 263 mortes e 15.726 novos casos de covid-19
ALIVIO NO BOLSO
Petrobras reduz preços de gasolina e diesel a partir desta terça (27)
BARBÁRIE
Marido mata mulher a facadas dentro de casa durante almoço de domingo
CAPOTAMENTO
Carro capota várias vezes ao fazer curva na MT-412 e mata fotógrafo
BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência