Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Servidores estaduais de MS terão reajustes de 10% a 40%

4 Dez 2004 - 10h40
 

O governador Zeca do PT anunciou pessoalmente no final da tarde de ontem, após reunião com secretários e deputados, que reajustará entre 10% e 40% os salários de 47 mil servidores da Segurança Pública, Educação, Fertel (Fundação de Rádio e TV de Mato Grosso do Sul) e Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária e Animal). O índice foi definido depois de uma reunião com a equipe econômica do governo e a assessoria de imprensa tinha divulgado anteriormente limites entre 6% e 50%.

Na próxima terça-feira o projeto de lei deverá ser apresentado à Assembléia Legislativa oficializando o aumento salarial dos servidores públicos. A data de entrega do projeto foi acertada ontem pelo governador Zeca do PT e o presidente da Assembléia, deputado estadual Londres Machado (PL), para garantir que o projeto seja aprovado antes do recesso parlamentar que começa em 15 de dezembro.

A categoria que terá maior aumento salarial é a dos policiais militares, seguidos pelos professores. Conforme Zeca declarou, assim, os PMs do Estado terão o segundo ou terceiro melhor salário do País.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho