Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Prazo para municípios parcelarem débitos termina dia 30

18 Nov 2009 - 05h33Por Conjuntura

A CNM (Confederação Nacional de Municípios) alerta os gestores municipais que o prazo para os Municípios aderirem ao parcelamento previdenciário previsto na Lei 11.960/2009 termina no dia 30 de novembro.

A reabertura do prazo está prevista no artigo 38 da Lei 12.058, de 14 de outubro de 2009, e atende uma importante reivindicação da CNM.

Com a extensão do prazo, os Municípios ganharam a oportunidade de parcelarem em até 240 prestações os débitos com o RGPS (Regime Geral de Previdência Social) vencidos até 31 de janeiro de 2009.

Podem ser parcelados os débitos originários de contribuições sociais e correspondentes obrigações acessórias:

a) constituídas ou não;
b) inscritos ou não em dívida ativa da União,
c) que tenham sido objeto de parcelamento anterior, não integralmente quitado, ainda que cancelado por falta de pagamento, incluídos aqueles parcelados na forma da Lei 9.639, de 1998.

A opção pelo parcelamento deve ser formalizada mediante requerimento na Secretaria da Receita
Federal do Brasil de circunscrição do Município requerente.

Número de adesões

Sobre a importância do parcelamento, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, destaca o pequeno número de Municípios que até 31 de agosto realizaram a adesão: apenas 1.729.

Apesar disso, R$ 42,3 milhões deixaram de ser retidos do Fundo de Participação dos Municípios deste grupo em setembro, em função do fim dos descontos automáticos.

Com base neste levantamento da CNM, Ziulkoski afirma que esta já foi uma importante conquista do municipalismo. Por este motivo, a entidade incentiva mais Municípios a efetivarem a adesão e a ficarem atentos ao fim do prazo.

Leia Também

OMICRON
Brasil dobra contágio nas 24h e registra 74,1 mil novos casos de covid-19 e 121 mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Carne e Sangue como nós
ABUSO SEXUAL
Meninas escutam mãe contando de abuso sexual e fazem relato chocante sobre tio-avô
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9