Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

População de Caarapó lota ginásio no Dia da Independência

8 Set 2006 - 15h00

Pelo menos três mil pessoas assistiram às comemorações dos 184 anos de independência do Brasil, promovidas pela Secretaria de Educação e Esportes de Caarapó, no ginásio da cidade. Escolas das redes municipal, estadual e particular de ensino, além de projetos sociais da administração municipal, participaram da programação, que duraram todo o período da manhã.

 

A temática das apresentações girou em torno de aspectos culturais do povo brasileiro, sempre com o apelo da independência. A Escola Especial Júlio César Nobre (APAE) abordou a ginástica olímpica, apresentando evoluções com arco, fitas e bolas, proporcionando aos alunos “inclusão social, conhecimento do corpo, ritmo e coordenação motora”. Os 64 alunos dos centros municipais de educação infantil mostraram O Brasil de cores, com a coreografia do hino nacional em ritmo de forró, com o significado das cores da Pátria. Os integrantes do Projeto Conviver, da 3ª idade, dançaram a música aquarela do Brasil, apresentando uma mensagem pela qual não importa quantas fases a vida tem, mas como se vive cada uma delas.

 

A Escola Estadual Antônio João deu uma verdadeira aula do ritmo frevo, seguida da Escola Antônio João, também da rede estadual, com Brasil, pátria amada e a coreografia da música levada brasileira. Na seqüência, passou a Escola Estadual Professora Cleuza Aparecida Vargas Galhardo, abordando o Brasil que temos e o Brasil que queremos, trazendo logo depois a  Escola Municipal Professor Moacir Franco de Carvalho, com o tema Brasil, um país de miscigenações, um povo sonhador. A Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos mostrou que o sertanejo é a cara do Brasil, com a coreografia da música Agora güenta nóis.

 

A segunda parte das apresentações trouxe o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) com apresentação do samba Brasileirinho, vindo em seguida a Escola Articular São Vicente, com o tema Brasil e a música Meu Brasil, cantada pelo aluno Kaíque. A Escola Indígena Ñandejara-Pólo e Escola Indígena Yvy Poty apelaram para a proteção à natureza (a natureza e pra cima, Brasil!). A Escola Municipal Rui Barbosa mostro um Brasil colorido, apresentando a diversidade étnica brasileira, seguida do Programa AABB/Comunidade e o tema Pátria. A Escola Estadual Padre José de Anchieta (Cristalina) apresentou a formação do povo brasileiro a partir dos imigrantes estrangeiros, enquanto o Projeto Agente Jovem retratou a liberdade brasileira, seguido da Escola Estadual Frei João Damasceno (Nova América), com o Brasil ascendente. A apresentação final ficou a cargo da Banda de Música Municipal de Caarapó, com a execução de Aquarela do Brasil e da Canção do Soldado. O ato final ficou sob a responsabilidade da fanfarra local, com evoluções na parte frontal do ginásio de esportes.

 

O prefeito Mateus Palma de Farias (PL) disse, em seu pronunciamento, que a verdadeira independência só se conquista pela educação. “Por essa razão, é importante que cada aluno tenha esse entendimento, pois a liberdade, em todos os níveis, só se obtém pela conscientização proporcionada pela educação”. Já o secretário de Educação e Esportes, professor Ismael Martins Guevara, abordou a integração entre as redes de ensino existentes no Município. Segundo ele, essa integração está sendo percebida nos eventos realizados, “como as comemorações do Dia da Independência, que têm a participação das redes estadual, particular e municipal de ensino, conforme proposta da administração municipal”.

 

As comemorações de 7 de Setembro foram acompanhadas pela vice-prefeita Teresinha Batista, vereadores, diretores de escolas e de centros de educação infantil, secretários municipais e representantes de organizações não-governamentais.
 
 
Fátima News

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS