Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 19 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Policiais federais cruzam os braços no Estado por 24h

28 Mar 2007 - 08h18

Pelo menos 300 policiais federais de Mato Grosso do Sul cruzaram os braços nesta quarta-feira em protesto contra anteprojeto de lei orgânica da Polícia Federal que reorganiza a carreira e para exigir a segunda parcela do pagamento de 30% da recomposição salarial. Em Campo Grande, eles estão reunidos desde as 7 horas em frente à Superintendência Regional da PF na Capital, onde foram colocados cartazes e faixas.

A manifestação ocorre em pelo menos 15 Estados de todo o País e, caso a categoria não tenha as reivindicações atendidas, os policiais federais devem realizar uma marcha a Brasília (DF) no dia 18 do próximo mês e ameaçam entrar em greve geral. Na última segunda-feira, os policiais tiveram uma reunião com o novo ministro da Justiça, Tarso Genro, mas não chegaram a um acordo, mantendo a decisão de paralisação.

Hoje, eles devem realizar uma nova assembléia e avaliar o movimento de paralisação. No dia 21 deste mês, os policiais federais do Estado realizaram a primeira assembléia para decidir se a categoria iria aderir ao movimento. Segundo a presidente do Sinpef/MS (Sindicato dos Policiais Federais de Mato Grosso do Sul), Cristiane do Valle, os agentes protestam contra um anteprojeto que prevê alterações na carreira dos policiais, extinguindo cargos como escrivão e papiloscopista.

Em Mato Grosso do Sul, são aproximadamente 500 policiais e, com a paralisação por 24 horas, ficam prejudicadas as emissões de certidão de antecedentes criminais, passaporte, registro de estrangeiro, além de atrapalhar o funcionamento dos aeroportos nos setores de imigração e liberação de produtos restritos. A paralisação ocorre na mesma data em que o Departamento de Polícia Federal completa 44 anos de criação.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI
BRASIL - 153.905 MORTES
Brasil registra 10,9 mil novos casos de covid-19 em 24 horas
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga hoje auxílio emergencial de R$ 300 a 1,6 milhão do Bolsa Família
BRASILEIRÃO
Com possível 'adeus' de Soteldo, Santos vence o Coritiba fora de casa
HORÁRIO DE VERÃO
HORÁRIO DE VERÃO: Brasil não terá horário de verão pelo segundo ano consecutivo
GOVERNO NA CONTRA-MÃO
Bolsonaro: Vacina contra a covid-19 não será obrigatória
BRASIL -152.460 MORTES
Covid-19: Brasil tem 713 óbitos e 28.523 novos casos em 24h
INSS - BLOQUEIO
INSS prorroga interrupção de bloqueio de benefícios