Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 21 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Polícia Federal abre inscrições para concurso na segunda

24 Jul 2004 - 10h18
O Departamento de Polícia Federal (DPF) do Ministério da Justiça realizará este ano o maior concurso de toda a história da instituição. Ao todo, serão 3.684 vagas para delegados, agentes, escrivães e peritos criminais. As inscrições estarão abertas a partir do dia 26 de julho. Para o Mato Grosso do Sul estão reservadas 182 vagas. Sendo 24 para delegados, 111 para agentes de polícia, 32 para escrivães e 15 vagas para peritos.

Os testes eliminatórios e classificatórios começam em 9 de outubro e vão até o início de janeiro de 2005, quando a primeira turma de aprovados nesta etapa inicial passará à segunda fase do concurso, o Curso de Formação Profissional da Academia Nacional de Polícia, no Distrito Federal.

A remuneração é de R$ 7.965,91, para delegados e peritos criminais, e R$ 4.357,67, para agentes e escrivães.

As inscrições podem ser feitas pelo sitio http://www.cespe.unb.br, entre 10h de 26 de julho e 20h de 15 de agosto. A taxa de inscrição é de R$ 115,00 para candidatos a delegado e perito e R$ 90 para agente e escrivão. O telefone do Cespe/Unb para informações é (61) 448-0100.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões