Menu
SADER_FULL
quinta, 9 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

PF já recebeu 708 armas de fogo em Mato Grosso do Sul

29 Jul 2004 - 10h52
 

A Superintendência da Polícia Federal no Estado informou agora há pouco que as seis delegacias do órgão em Mato Grosso do Sul já receberam 708 armas, sendo 404 apenas em Campo Grande. Ainda conforme a PF, entre as mais potentes entregues na Capital estão três fuzis de uso exclusivo das Forças Armadas, no entanto as mais entregues são as espingardas (91) e os revólveres calibre 32 (79) e calibre 38 (77).

Só hoje o colecionador de armas de fogo Zenildo Rufino, 64 anos, entregou 22 armas de diversos tipos e calibre, sendo o mais potente a pistola MQT 7 mm que é capaz de furar uma parede de tijolos. Conforme a PF, pelo menos 50% das pessoas que entregam armas no Estado foram por causa da indenização, já que o governo federal paga R$ 300 por fuzil devolvido, R$ 200 por rifle ou carabina e valores entre R$ 100 e R$ 200 para revólveres e espingardas.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%
BONITO - MS - REABERTURA COM SEGURANÇA
Hotel Águas de Bonito te espera com toda segurança e responsabilidade, bora pra Bonito (MS)?
SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica