Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Número de cheques sem fundos devolvidos no MS cresceu 6,5%

14 Mar 2011 - 08h35Por Conjuntura

Dados do Banco Central do Brasil apontam aumento de 6,5% no número de cheques devolvidos por falta de fundos em Mato Grosso do Sul no mês de fevereiro comparado a janeiro, um sinal de alerta, segundo o presidente da Fecomércio MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), Edison Ferreira de Araújo.

“O comerciante precisa estar atento e não descuidar da checagem junto aos órgãos de proteção de crédito”, alerta. Edison lembra que o uso do cheque tem caído, com preferência para o cartão de crédito e débito, mas ainda assim o volume que transita na economia estadual é expressivo.

Somente no mês passado foram trocados 1,39 milhão de lâminas no Estado. O índice de inadimplência é de 6,81%, com 95,2 mil devolvidas por falta de fundos. São seis mil cheques sem fundos a mais que em janeiro.

Em relação ao montante do prejuízo com os cheques sem fundos passou de R$ 113,4 milhões a R$ 141,7 milhões de um mês para outro. O valor médio do cheque sem fundo é de R$ 1.488,44.

Deixe seu Comentário

Leia Também

tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos