Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 2 de agosto de 2021
Busca
Brasil

Naviraiense quer jogar Copa do Brasil no Douradão

15 Out 2010 - 14h24Por Dourados News
Os presidentes da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul, Francisco Cezário e do Naviraiense Ronaldo Botelho estiveram reunidos na manhã de hoje com a prefeita de Dourados, Délia Razuk para colocar oficialmente a intenção do clube de Naviraí em jogar a Copa do Brasil do ano que vem NO ESTÁDIO Douradão.

 Interditado desde 2009 pelo Ministério Público Estadual o estádio Frédis Saldivar precisa passar por adequações para se enquadrar na Lei Federal 124 do Ministério de Esporte. Para voltar a receber jogos são necessários laudos da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Vigilância Sanitária e do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura.

Os dirigentes esportivos informaram que a prefeitura tem um prazo de 60 dias para viabilizar as reformas e obter os laudos ou o Sete de Setembro não poderá usar o Douradão no Estadual 2011. Já para a Copa do Brasil o prazo é maior. “Neste momento precisamos da união de todos os douradenses e de todos aqueles que gostam da cidade”, disse Cezário que acha bastante fácil cumprir tudo o que preconiza a portaria ministerial.

A reunião contou também com a presença de Antônio Nogueira, secretário de Obras que disse que haverá um grande empenho por parte de todos para que o “Douradão”, o maior estádio do interior de Mato Grosso do Sul venha a receber as melhorias para atender as exigências da Lei Federal, para receber o jogo da equipe do Cone Sul, que foi a vice-campeã Estadual deste ano, pela próxima edição da Copa do Brasil.

“Temos 90 dias de mandato e peguei agora o comando da prefeitura, mais farei uma reunião com os meus secretários de obras e dos Serviços Urbanos, além da Funced para avaliarmos sobre até onde poderemos colaborar com este projeto em prol do Douradão, uma vez que esta praça esportiva, não pode mais assim como o ginásio de esportes Ulisses Guimarães, ficar abandonada como eles estão há anos”, disse Délia Razuk acreditando nas contrapartidas do Governo do Estado e também dos deputados federais com as viabilizações de verbas para que se façam as obras necessárias que o estádio precisa para receber um grande evento como é o caso da Copa do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÃOPAINHA
Cachorro toca campainha após ficar trancado fora de casa
SONHO INTERROMPIDO
Ultimo ensaio fotográfico minutos antes de médico sofrer choque e morrer nas vésperas de casamento
OLIMPÍADA
Rebeca é prata e faz história na ginástica olímpica em Tóquio
FENÔMENO DA NATUREZA
Chuva de meteoros será visível na madrugada de quinta para sexta em todo Brasil
A CASA CAIU
Mulheres se unem e surram "valentão" flagrado agredindo ex no meio da rua
CRISE HÍDRICA
Novas fontes preparam MS para a crise hídrica, ressalta governador
ABAIXO DE ZERO
Com -8,6°C, SC registra a menor temperatura do Brasil em 2021, diz Inmet
COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos