Menu
SADER_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

Murilo: R$ 46,5 bi para safra encalham na burocracia oficial

6 Out 2004 - 14h44

Os recursos prometidos pelo governo Lula para o Plano Safra 2004/2005, de aproximadamente R$ 46,5 bilhões, ainda estão encalhados na burocracia oficial. Essa revelação foi feita hoje pelo deputado Murilo Zauith (PFL/MS), em discurso no plenário da Câmara dos Deputados.

"As informações que tenho recebido do Banco do Brasil, principal gestor dos recursos que são aplicados no agronegócio, levam-nos crer que os responsáveis por essa falta de atenção ao setor agrícola são os membros da equipe econômica do governo e o próprio presidente Lula", denunciou Murilo.

Para o parlamentar, o presidente e auxiliares parecem desconhecer que a agricultura é uma atividade sazonal, que tem época certa para se iniciar e essa data é definida pela natureza e não por técnicos.

"O que vai acabar acontecendo é que o tempo vai passar, os recursos vão chegar tarde demais, nossa produção irá diminuir e o governo vai dizer que existe dinheiro para custear a safra, mas  que não foi procurado pelo agricultores", previu Murilo.

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV