Menu
BANNER IMPRESSORAS
segunda, 8 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Mulher vai a SPC e descobre dívida de mais de R$ 10 mil

25 Set 2010 - 07h48Por Campo Grande News

Uma mulher de 40 anos recebeu a ligação de uma empresa de promoções e vendas, na quarta-feira, quando a atendente lhe informou que ela teria uma dívida de três parcelas atrasadas no valor de R$ 268,56. Em consulta feita ontem, ao SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), a vítima descobriu que sua dívida somava R$ 10.179,11.

Segundo informado pela vítima à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), ela disse desconhecer a dívida. No SPC ela descobriu que haviam sido feitas compras em seu nome numa loja de promoções; R$ 5.832,00 na Magazine Luiza e R$ 3.541,43 nas Casas Bahia.

Nas Casas Bahia ela foi atendida e por meio do cadastro digital averiguou que a foto do RG era diferente da que tinha em seu cartão de cadastro. Já na loja Magazine Luiza, a vítima foi questionada sobre seu endereço e recebeu a informação de que mercadoria tinha sido entregue no bairro Guanandi II.

Na Depac a vítima disse não ter extraviado nenhum documento e nem feito compra para outras pessoas. Ela também relatou que nunca esteve nas lojas, muito menos que fez as respectivas compras.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel
100 PERÍCIA
Senado aprova regras que podem dispensar perícia médica do INSS
CAIXA PARA ELAS
Caixa anuncia programa voltado para o público feminino
COVID NO BRASIL
Brasil registra 265 novas mortes por Covid nas últimas 24 horas
CONFUSÃO DE TORCIDAS
Briga entre torcida do Flamengo e Corinthians deixa feridos em Campo Grande; veja vídeos
PREOCUPANTE
Covid-19: Brasil registra 295 óbitos e 34,4 mil casos em 24 horas
SOB INVESTIGAÇÃO
Brasileiro e estudante de medicina é encontrado morto em carro na fronteira
MILAGRE DA MEDICINA
Siameses brasileiros unidos pelo crânio são separados após 9 cirurgias