Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

Motorista de ônibus pode ser proibido de atuar como cobrador

12 Fev 2010 - 10h18Por Agência Câmara

Tramita na Câmara Projeto de Lei 6648/09, do deputado Neilton Mulim (PR-RJ), que proíbe os motoristas de ônibus de exercer ao mesmo tempo a função de cobradores. Conforme o projeto, o acúmulo dessas duas funções é infração gravíssima, punida com multa e apreensão do veículo. A proposta altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

O deputado decidiu, porém, não incluir nas penas a exigência de pontuação na carteira de habilitação do condutor. Ele alega que o duplo trabalho dos motoristas é uma imposição das empresas de transporte e, por isso, não seria justo acrescentar pontos na sua carteira. "Com isso, a responsabilidade sobre a infração recairá somente sobre a empresa", afirma Mulim.

O deputado disse ainda que a atenção que o motorista deve ter com o trânsito não deve ser desviada pelo cuidado com o caixa.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Viação e Transportes; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial