Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
Brasil

Moto-taxista que fazia “disque droga” é preso em Caarapó

19 Mar 2007 - 17h36

Acusado de usar a profissão de moto-taxista para vender drogas em Caarapó, a 273 quilômetros de Campo Grande, Elisvaldo Cardoso, foi preso no sábado durante uma operação das polícias Civil e Militar, que prendeu ainda mais três pessoas.

Os policiais chegaram até o moto-taxista depois da prisão de Valdenez de Souza França, acusado de furto e roubo. Ele confessou que furtava e roubava para poder trocar os produtos por entorpecentes com Cardoso e também no local conhecido como “Boca da Neguinha”.

No ponto de comercialização de drogas foram presos Roberto Ortiz Roa (recém saído do regime semi-aberto) e Rubens Alcides Ortiz, ambos por receptação, já que dentro de um fogão foi encontrado um aparelho de som veicular furtado por França.

Já na residência do moto-taxista foram apreendidas 250 gramas de pasta base, três pedras de craque, uma balança de precisão e produtos para ser adicionado à droga para aumentar o volume. Ele já estava sendo investigado pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais).

 

 

A Gazeta News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TENTATIVA DE ESTUPRO
Vídeo mostra empresário assediando jovem na entrevista de emprego
PANE EM AVIÃO
'Sobrevivemos só com a água chuva', diz cantor de MT que ficou 24 dias na mata
PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia