Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 28 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MEC vai pagar para manter doutores no Brasil

23 Mar 2007 - 04h12

O Brasil terá bolsas de estudos para pós-doutorandos que permanecerem no país sem estarem vinculados a uma instituição de ensino superior. A medida foi anunciada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, durante entrevista na manhã desta quinta-feira (22) no programa "Bom Dia Ministro", da Radiobrás, um órgão federal.

A ação visa manter as pessoas com formação de doutorado no Brasil e evitar a "fuga de cérebros", quando os pesquisadores vão para outros países. Segundo o ministro, a bolsa deve ser paga enquanto o pesquisador não for empregado por uma instituição de ensino superior. O ministro não declarou o valor do benefício.

A medida, que faz parte do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), apresentado na semana passada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a educadores, deve ser aplicada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

 

 

G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVIRUS NO BRASIL
Covid-19: Brasil passa dos 400 mil casos confirmados e 25 mil mortes
MORTES CONTINUAM
Brasil é o 2º país no mundo com infectados com o coronavirus
FRAUDE
URGENTE! 160 mil possíveis FRAUDES no auxílio emergencial de R$600
COVID-19
URGENTE! Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para a Covid-19
BONITO - MS - COVID-19
Pandemia faz empresas demitirem 29% dos funcionários do setor de turismo de Bonito (MS)
VITIMA DA COVID 19
'Mãe' de Jojo Todynho morre de Covid-19
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Dia dos Namorados é no O Boticário, confira o catálogo digital, entrega em casa em Fátima do Sul
COVID-19
Dois integrantes da banda de Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para coronavírus
FEMINICIDIO
Filha de 12 anos faz homenagem para vítima de feminicídio: 'te amarei para sempre'
ELEIÇÕES 2020
Líderes municipalistas confirmam inviabilidade das eleições 2020