Menu
SADER_FULL
segunda, 26 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Maradona ironiza "braço de Deus" e diz que Brasil não joga bem

21 Jun 2010 - 08h28Por Redação Terra

Famoso pelo gol que fez com a mão na partida contra os ingleses nas quartas de final da Copa do Mundo do México, em 1986, o técnico da Argentina, Diego Maradona, ironizou o lance em que o atacante Luís Fabiano usou o braço para marcar o segundo do Brasil na partida contra a Costa do Marfim, no último domingo.

Maradona achou estranha a reação do árbitro francês Stephane Lannoy, que conversou com o brasileiro após o gol e abriu um sorriso como se tivesse visto irregularidade em um dos lances mais polêmicos da Copa do Mundo da África do Sul até o momento.

"Este foi com o braço, não podemos comparar. Houve uma dupla mão no gol do Luís Fabiano. O tragicômico é o sorriso do árbitro. Se ele teve aquela reação é porque viu. Então por que não marcou?", questionou.

Maradona ainda disse que o lance definiu a partida. No começo do segundo tempo, o Brasil vencia por 1 a 0 e o gol de Luís Fabiano esfriou a reação da Costa do Marfim. Mais tarde, Elano marcou o terceiro, Drogba descontou e o placar terminou em 3 a 1.

"Era um momento particular da partida. O lance praticamente encerrou as chances da Costa do Marfim", opinou, recordando que na sua "Mão de Deus" o juiz realmente não viu a irregularidade. "Ele não ficou sorrindo como ontem e ficava olhando para todos os lados, cheio de dúvidas".

Sobre a atuação do Brasil, um misto de desaprovação e respeito. Ao mesmo tempo em que cutucou as atuações nos jogos contra Coreia do Norte e Costa do Marfim, exaltou a força dos brasileiros em definir as partidas.

"Com mão ou sem mão, eles não estão jogando bem, mas conseguem definir os jogos. São os grande favoritos do Mundial", afirmou o treinador, que insiste em não colocar a Argentina como favorita apesar das vitórias contundentes sobre Nigéria e Coreia do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência